logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

FC Arouca

FC Arouca 1-0 Gil Vicente FC: Golo madrugador decide encontro equilibrado

A CRÓNICA: FC AROUCA CONQUISTA PRIMEIRA VITÓRIA

Numa tarde de feriado agradável para se ver futebol, 1759 adeptos assistiram à vitoria do FC Arouca sobre o Gil Vicente FC, num jogo de Primeira Liga muito disputado entre as duas equipas.

O jogo começou da melhor maneira para o FC Arouca. Na primeira oportunidade de ataque para a equipa da casa, Mujica aproveitou o mau domínio de bola de Villodres, fintou Andrew, e rematou para o fundo das redes, fazendo o primeiro e único golo do jogo. O FC Arouca continuou a criar as situações mais perigosas para a baliza de Andrew. O Gil Vicente não conseguiu reagir da melhor maneira ao golo do FC Arouca, sendo que na primeira parte a única ocasião que criou foi um cruzamento de Boselli, que Fran Navarro cabeceou para fora.

Para o início da segunda parte, Ivo Vieira trocou três jogadores, saindo Tiba, Villodes e Boselli, que deram lugar a Alipour, Mizuki e Matheus Bueno. Com estas alterações, o Gil Vicente tornou-se mais ofensivo, e o FC Arouca jogou mais na expetativa, em busca do erro do adversário. Aos 47 minutos Fujimoto rematou para defesa fácil de De Arruabarrena, e aos 49 minutos Henrique Gomes cruzou para o cabeceamento de Alipour, que passou perto da baliza do FC Arouca. O Gil Vicente ia encostando o FC Arouca às cordas, e arriscando cada vez mais na procura do golo do empate. Aos 78 minutos, o lateral esquerdo do Gil Vicente, Henrique Gomes, foi substituído por Boubacar, um extremo, numa última tentativa de chegar ao empate, no entanto sem sucesso. Aos 80 minutos, e já numa fase de maior pressão do Gil Vicente, Matheus Bueno passou por dois jogadores do FC Arouca, e rematou forte fora da área, passando por cima da baliza. A última oportunidade para o Gil Vicente empatar o jogo foi aos 90 minutos, quando Fran Navarro cabeceia ao lado, na melhor oportunidade de golo no jogo do Gil Vicente. A última oportunidade do jogo foi para a equipa do FC Arouca, quando Andrew fez uma grande defesa a remate de Antony.

O Gil Vicente fez o suficiente para sair com outro resultado de Arouca, no entanto não conseguiu concretizar as oportunidades que teve, principalmente na segunda parte.

 

A FIGURA

Rafa Mujica – Destaque para a sua boa exibição. Demonstrou grande qualidade no lance do golo, ao contornar Andrew e finalizar o lance com sucesso. Para além do golo, foi um jogador muito importante no processo defensivo do FC Arouca, sendo o primeiro jogador a pressionar alto e a dificultar o trabalho à linha defensiva do Gil Vicente.

 

O FORA DE JOGO

Gil Vicente FC
Fonte: Paulo Ladeira / Bola na Rede

Fran Navarro – Tarde desinspirada para um dos melhores avançados do campeonato português. Muitas vezes ao longo do jogo não se dava conta da sua presença, e nos momentos decisivos falhou a baliza do FC Arouca.

 

ANÁLISE TÁTICA – FC AROUCA

O FC Arouca jogou no seu habitual 4x3x3, com Alan Ruiz a jogar atrás do avançado, sendo que no momento defensivo o FC Arouca ficava posicionado num 4x4x2, com Alan Ruiz e Mujica na frente de ataque. No meio-campo, Soro jogou mais recuado, e Busquets mais adiantado. Quando Soro foi substituído por Moses, Busquets recuou no terreno, e Moses jogou em posições mais adiantadas no terreno.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

De Arruabarrena (7)

Milovanov (7)

Basso (7)

Opoku (7)

Esgaio (7)

Soro (8)

Busquets (8)

Alan Ruiz (7)

Bukia (7)

Arsénio (7)

Mujica (9)

SUBS UTILIZADOS

Moses (6)

Antony (6)

Bruno Marques (5)

Sylla (5)

Vitinho (5)

 

ANÁLISE TÁTICA – GIL VICENTE FC

O Gil Vicente jogou em 4x3x3, com Fujimoto a ocupar uma posição mais central no terreno, atrás de Fran Navarro. Com as substituições feitas ao intervalo, o Gil Vicente mudou para 4x4x2, com a dupla de avançados formada por Fran Navarro e Alipour, os extremos foram Mizuki e Fujimoto, e o meio-campo formado por Matheus Bueno e Vítor Carvalho, sendo que Vítor Carvalho jogou mais recuado, vindo muitas vezes começar a contruir jogo no meio dos centrais do Gil Vicente.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Andrew (7)

Henrique Gomes (5)

Rúben Fernandes (6)

Lucas Cunha (6)

Danilo Veiga (5)

Vítor Carvalho (6)

Pedro Tiba (4)

Fujimoto (6)

Villodres (3)

Boselli (4)

Fran Navarro (4)

SUBS UTILIZADOS

Mizuki (5)

Bueno (6)

Alipour (5)

Carraça (5)

Boubacar (5)

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

FC AROUCA

BnR: Depois de um resultado negativo na Luz, qual a mensagem que transmitiu para a equipa, e de que forma o golo madrugador ajudou ou não a missão do FC Arouca ao longo do jogo.

Armando Evangelista: O jogador do FC Arouca sabe que pode ganhar, perder ou empatar, e tem de saber lidar da mesma forma com os resultados. O golo madrugador dificultou a tarefa do FC Arouca, o Ivo Viera arriscou mais, e obrigou o FC Arouca a ser mais compacto em campo. Se o golo não fosse tão madrugador, o Gil Vicente não arriscaria tanto na segunda parte do jogo.

 

GIL VICENTE FC

BnR: Apenas trocou um jogador em relação a jogo com o Riga, no entanto a equipa criou poucas oportunidades, ao contrário da semana passada onde venceu por 4-0. Como justifica a exibição menos conseguida do Gil Vicente.

Ivo Vieira: Tentei encontrar o melhor 11 pois este era o jogo mais importante, tenho as minhas decisões, e provavelmente errei nas minhas decisões porque não ganhamos, apesar de termos melhorado na segunda parte.

O Francisco é natural de Viseu. É licenciado em Geografia pela Universidade do Porto e a frequentar atualmente o mestrado em ensino de Geografia na Universidade do Porto. Gosta de ver NBA, e em especial os Dallas Mavericks, mas o seu desporto de eleição é o futebol, e o FC Porto.

O Francisco é natural de Viseu. É licenciado em Geografia pela Universidade do Porto e a frequentar atualmente o mestrado em ensino de Geografia na Universidade do Porto. Gosta de ver NBA, e em especial os Dallas Mavericks, mas o seu desporto de eleição é o futebol, e o FC Porto.

FC PORTO vs CD TONDELA