logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Vizela x Estoril-Praia

FC Vizela 1-1 Estoril-Praia SAD: Custou, mas entrou

A CRÓNICA: SAMU ENTRA E RESOLVE

Uma primeira parte a zero para ambas as equipas, com uma oportunidade flagrante para o Estoril-Praia SAD após o cruzamento de Artur para a cabeça de Bruno Lourenço, com uma defesa apertadíssima de Charles a retirar o perigo da baliza do FC Vizela.

Ao longo da partida, a equipa de Álvaro Pacheco esteve por cima nas tentativas, porém os remates não saíam conforme as medidas da baliza de Dani Figueira, que não teve momentos pertinentes de posse de bola (para sorte do guarda-redes português).

A segunda parte começou logo com uma recuperação de bola incrível por parte de Samu, para o remate fortíssimo de Schettine para uma defesa na cara de Dani Figueira, o primeiro susto estava apresentado apenas em alguns minutos de jogo.

É após o primeiro susto lançado ao ar que o golo da equipa da casa acontece e aquece a tarde amena na cidade de Vizela. Dani Figueira, num lapso, diga-se de passagem, perde a bola das mãos e surge o remate inevitável de Samu, que ergue as bancadas do estádio para celebrar a estreia do marcador.

No entanto, o festejo é imediatamente cortado por um remate de André Franco para uma defesa à queima-roupa de Charles, que salva mais uma vez a equipa do técnico Álvaro Pacheco.

A equipa do Vizela não teme e aproveita para marcar o segundo golo, louros pela combinação de Samu e Schettine que conseguiram enganar o guarda-redes, para a pontaria certeira de Kiko, também um dos lançamentos do técnico português após o intervalo. Contudo, David Silva é chamado à atenção pelo vídeo-árbitro e retira o golo à equipa do Vizela.

Do lado do Estoril, André Clóvis insiste na baliza de Charles e consegue arrancar o empate, após estar isolado na frente com grande assistência de André Franco.

A partida no Estádio do Futebol Clube Vizela termina empatada, com várias tentativas desesperadas de ambas as equipas de tentar alcançar a vantagem no marcador, mas sem sucesso.

 

A FIGURA

Substituições de Álvaro Pacheco – A equipa do FC Vizela aproveitou – e de que maneira – as substituições do técnico Álvaro Pacheco. Com a entrada de Samu e de Kiko ao intervalo, a equipa da casa conseguiu criar um jogo muito mais fluido e dinâmico, acabando por se refletir na qualidade de jogo e na criação de oportunidade, sendo fruto disto os dois golos gerados por cada um dos jogadores (nota importante que o do Kiko acabou por ser anulado pelo VAR).

 

O FORA DE JOGO

Daniel Figueira
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Dani Figueira – Um erro que acabou por condenar todo o jogo da equipa do Estoril, as mãos escorregadias do guarda-redes português valeram o primeiro (e único válido) golo da equipa do FC Vizela. Um deslize que pode ter custado o quinto lugar ao Estoril de Praia nesta jornada.

 

ANÁLISE TÁTICA – FC VIZELA

Os homens de Álvaro Pacheco alinharam em 4-2-3-1, com Schettine a ser o avançado de referência. Nas alas, Kiki e Koufi jogaram mais recuados, com Nuno Moreira e Mendez mais à frente. Com as substituições, destaque para Samu, que veio agitar o jogo.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Charles (8)

Ivanildo Fernandes (6)

Claudemir (6)

Zag (5)

Marcos Paulo (6)

Mendez (7)

Kiki (6)

Aidara (5)

Koffi Kouao (5)

Nuno Moreira (7)

Schettine (8)

SUBS UTILIZADOS

Kiko (8)

Samu (8)

Francis Cann (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – ESTORIL-PRAIA SAD

Bruno Pinheiro lançou a equipa do Estoril também em 4-2-3-1, com André Franco nas costas do ponta de lança Ruiz. O duplo-pivô no meio-campo, mais recuado, contou com os habituais Gamboa e Rosier, estando as alas entregues a Carles Soria e Joãozinho, na defesa, e Bruno Lourenço e Arthur, no ataque.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Dani Figueira (4)

Carles Soria (5)

Lucas Áfrico (6)

André Franco (7)

Arthur (7)

Ruiz (6)

Bruno Lourenço (7)

Gamboa (6)

Ferraresi (6)

Joãozinho (6)

Rosier (5)

SUBS UTILIZADOS

Francisco Geraldes (6)

André Clóvis (6)

Chiquinho (5)

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

 FC Vizela

Não foram colocadas questões ao técnico Álvaro Pacheco.

 

Estoril-Praia SAD

Não foram colocadas questões ao técnico Bruno Pinheiro.

A Ana é apoiante do clube da sua terra, o Vitória Sport Club. Apaixonada por futebol e pelo ambiente nele envolvido, característica desenvolvida pelos ambientes vivenciados no estádio e pelo palpitar frenético da sócia do Vitória SC. Estudante de Ciências da Comunicação na Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro, com a ambição de fazer carreira enquanto jornalista desportiva.                                                                                                                                                 A Ana escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

A Ana é apoiante do clube da sua terra, o Vitória Sport Club. Apaixonada por futebol e pelo ambiente nele envolvido, característica desenvolvida pelos ambientes vivenciados no estádio e pelo palpitar frenético da sócia do Vitória SC. Estudante de Ciências da Comunicação na Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro, com a ambição de fazer carreira enquanto jornalista desportiva.                                                                                                                                                 A Ana escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA