ÚLTIMA HORA:

Gil Vicente FC 3-2 Vitória SC: É Barcelos no topo!

A CRÓNICA: O REI VÊ O QUINTO A ESCAPAR

A partida que termina a décima sétima jornada no Estádio Cidade de Barcelos numa noite aquecida pelos adeptos de ambas equipas nas bancadas da cidade do distrito de Braga.

Um jogo equilibrado nos primeiros 45’ com destaque à equipa orientada por Ricardo Soares no que diz respeito a lances mais perigosos na primeira parte. O marcador é logo aberto aos 23’ com Fran Navarro isolado na frente de ataque e um remate forte na direção das redes de Bruno Varela, que se viu desesperado e sem defesa.

A equipa gilista ainda volta a insistir aos 37’ isolando Samuel Lino novamente na frente, mas, desta vez, Varela reage de forma genial e a bola sobra para canto. O canto é marcado e mais uma grande oportunidade para o Gil Vicente, Carvalho cabeceia para mais uma defesa à queima-roupa do guarda-redes vitoriano, com alívio de João Ferreira para fora da zona perigosa.

A segunda parte inicia com mais pressão de ambas equipas, no entanto, o destaque continua na equipa da casa. O segundo golo do marcador é feito por Fran Navarro, que se vê bisar na partida após Samuel Lino falhar a primeira tentativa frente às mãos escorregadias de Bruno Varela.

E é o recém colocado na partida pelo técnico da casa, Antonie Leautey, a aparecer sorrateiro no lado esquerdo de Bruno Varela e a rematar para o fundo das redes do português.

A 20’ do final da parte, o Vitória começa a demonstrar a verdadeira ambição de Guimarães, acabando por reduzir a derrota com dois golos (um de Nélson da Luz e o penálti cobrado por Marcus Edwards) mas vê-se cair perante o apito final.

A partida terminou com os olhares cintilantes dos gilistas no quinto lugar, frente a vitorianos destroçados que vêm a sua chance escapar pelas mãos de Fran Navarro, sem dó ou piedade.

 A FIGURA


Fran Navarro – O avançado bisa nesta partida importante para ambos os clubes e acaba por se destacar a nível de trabalho em equipa e na qualidade individual. Uma peça chave no comando de Ricardo Soares, que se deve apresentar bastante satisfeito com o jovem espanhol.

 O FORA-DE-JOGO

Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Bruno Varela – Pecou em diversas situações de jogo, condenado a equipa com os erros nos três golos. É de salientar e não deixar em branco as oportunidades de que foi alvo e ainda conseguiu salvar os vimaranenses. No entanto, a equipa é infeliz em Barcelos e Bruno Varela acaba por arrecadar com as culpas.

 GIL VICENTE – ANÁLISE TÁTICA

A equipa de Ricardo Soares apresenta-se num 4-3-3, com Frelih na baliza como é opção habitual do técnico português. O onze inicial apresenta-se bastante similar aos que foram apresentados ao longo de toda a época, com exceção de Fujimoto a titular substituindo Matheus Bueno, que inicia a partida no banco de suplentes dos gilistas.

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Frelih (6)

Ferrugem (7)

Ruben Fernandes (6)

Zé Carlos (7)

Talocha (6)

Fujimoto (5)

Carvalho (8)

Pedrinho (7)

Navarro (9)

Murilo (7)

Samuel Lino (8)

Subs utilizados

Antonie Leautey (7)

Matheus Bueno (-)

Giorgi Aburjania (-)

Sanatana (-)

Hackman (-)

VITÓRIA SC – ANÁLISE TÁTICA

O técnico português Pepa opta por um 4-4-2, com Jorge Fernandes de volta ao onze inicial, assim como André André. Mais surpresas na frente de ataque com Ricardo Quaresma e Rúben Lameiras enquanto dupla de finalização, após o habitual avançado Óscar Estupinãn ficar fora das opções do técnico dos vimaranenses para esta noite no Estádio Cidade de Barcelos. Com as substituições e a entrada dos avançados Nélson da Luz, Marcus Edwards e Janvier no meio-campo, a equipa passou a apresentar um 4-3-3.

 

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

 Bruno Varela (3)

Jorge Fernandes (5)

Borevkovic (5)

Rafa Soares (5)

João Ferreira (6)

A.Almeida (6)

Tomas Handel (4)

A.André (5)

Tiago Silva (5)

Quaresma (4)

Lameiras (4)

 SUBS UTILIZADOS

Marcus Edwards (6)

Nélson da Luz (7)

Janvier (6)

Gui (-)

Luís Esteves (-)

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

Gil Vicente FC

Não foram colocadas questões ao técnico do Gil Vicente FC, Ricardo Soares.

Vitória SC

BnR: Nélson da Luz entrou pela primeira vez na equipa principal, fez uma boa exibição e até o primeiro golo. Pergunto-lhe se considera o avançado uma possível alternativa a Estupinãn e Bruno Duarte na frente de ataque?

Pepa: O Nélson entrou bem e agressivo, era isso que faltava ao Vitória aqui neste jogo e que nos tem faltado. Tanto o Nélson, como o Marcus, deram profundidade ao jogo e procuramos muito o toque curto e fácil, isso não pode acontecer. Não falo em termos de nome, o Nélson, o Bruno, entrou bem, mas faltou muito aqui hoje.

Componente 5 – 1 (1)

A Ana é apoiante do clube da sua terra, o Vitória Sport Club. Apaixonada por futebol e pelo ambiente nele envolvido, característica desenvolvida pelos ambientes vivenciados no estádio e pelo palpitar frenético da sócia do Vitória SC. Estudante de Ciências da Comunicação na Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro, com a ambição de fazer carreira enquanto jornalista desportiva.                                                                                                                                                 A Ana escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

A Ana é apoiante do clube da sua terra, o Vitória Sport Club. Apaixonada por futebol e pelo ambiente nele envolvido, característica desenvolvida pelos ambientes vivenciados no estádio e pelo palpitar frenético da sócia do Vitória SC. Estudante de Ciências da Comunicação na Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro, com a ambição de fazer carreira enquanto jornalista desportiva.                                                                                                                                                 A Ana escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA

  • 00DIAS
  • 00HORAS
  • 00MINUTOS
  • 00SEGUNDOS
FC PORTO x ESTORIL PRAIA
SPORTING CP x SANTA CLARA
PAÇOS FERREIRA x SL BENFICA