Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho Futebol NacionalRio Ave e Portimonense abriram a terceira jornada da Liga Nos. A expectativa em cima dos donos da casa era alta, afinal a equipe de Vila do Conde venceu as duas primeiras partidas na competição e dividia a liderança do campeonato com os gigantes Porto, Benfica e Sporting. Já a equipe de Portimão tentava a segunda vitória na competição. O Portimonense vinha de derrota na última jornada contra o Braga, na cidade de Braga, mas apresentou um bom futebol naquela ocasião.

Logo aos cinco minutos de jogo o defensor Fernandes, do Portimonense, perdeu a bola para o meio campista Francisco Geraldes que de frente para baliza arrematou fraco em cima do guarda redes. Os donos da casa continuaram em cima do equipa adversária, mas sem mostrar grande ímpeto ofensivo. Aos poucos o Portimonense começava a usar a sua melhor arma, os contra-ataques. Atuando com dois avançados e um ponta de lança, a equipa tentava usar a velocidade para surpreender o Rio Ave. O Portimonense era melhor em campo quando teve a grande chance de abrir o marcador. Aos 31 minutos o central Marcelo do Rio Ave falha e o ponta de lança Fabrício desperdiçou uma clara oportunidade. Méritos, também, ao guarda redes Cássio que foi preciso ao sair da baliza. Aos 35 minutos o Portimonense continuava a pressionar e em um ótimo cruzamento na área o avançado Wellington Carvalho cabeceou a bola na trave.

O segundo tempo iniciou igual ao primeiro. O Rio Ave tomou uma postura mais agressiva que o adversário. Essa postura deu certo para o time de Vila do Conde e aos 50 minutos o meio campista Barreto acertou um lindo chute no ângulo da baliza, abrindo assim o marcador da partida. O guarda redes nada pode fazer para impedir o golo. O Rio Ave não diminuiu a sua intensidade e três minutos após marcar o primeiro golo a equipa quase fez o segundo. Francisco Geraldes realizou grande jogada pelo meio e deixou Pelé em boas condições de marcar, porém Ferreira fez uma grande defesa. O golo cedido deixou a equipa do Portimonense atordoada no relvado. A partir dos 60 minutos o Portimonense colocou a bola no chão e voltou a ter a sua posse. Aos 65 minutos o ponta de lança Fabricio do Portimonense chutou a bola à baliza e foi travado pela defesa do Rio Ave. A equipa do Portimonense reclamou que a bola havia batido na mão do adversário dentro da área, mas o juiz – em consulta ao vídeo-arbitro – não assinalou.

Logo após esse lance o Rio Ave partiu em velocidade ao ataque e após bela triangulação entre Barreto, Ruben Ribeiro e Guedes chegou ao seu segundo golo. Guedes assinalou. Aos 72 minutos o ponta de lança Fabrício acertou um belo chute no travessão do Rio Ave. Quase o Portimonense diminuiu o placar. Nos últimos 15 minutos de jogo a partida foi controlada pelo Rio Ave e levou os 2 x 0 no marcador até o final do jogo. Com a vitória o Rio Ave assumiu a liderança isolada do Campeonato Português com nove pontos. Já o Portimonense continua no meio da tabela com apenas três pontos conquistados em três jogos.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários