Anterior1 de 4Próximo

Tarde de sol e de muito frio no Estádio José Santos Pinto. O último classificado, SC Covilhã, recebeu o décimo classificado, Varzim SC, naquela que foi a 20ª jornada da Segunda Liga. Os serranos pretendiam voltar às vitórias e subir na tabela classificativa.

A primeira parte começou praticamente com o golo da equipa da casa, aos sete minutos de jogo, numa grande confusão na pequena área, Diego Medeiros serviu Adriano, que pôs a bola no fundo das redes.

Aos 15 minutos da partida, os adeptos serranos ainda gritaram golo, quando Gilberto descobriu Diego Medeiros, que passou para Mica. Isolado na área, rematou ao lado da baliza de Emanuel.

O Covilhã foi a melhor equipa, ainda que com alguns erros no último passe, e estava concentrada e bem organizada. Com três reforços no onze inicial: Diego Medeiros (cedido pelo FC Paços de Ferreira), Kukula e Tiago Moreira, ambos ex-Leixões SC. Este último foi um dos melhores da primeira parte, fazendo boas combinações com Adriano e recuperando várias bolas, nunca virando a cara à luta.

A equipa visitante não tinha ligação entre setores, nem qualquer definição no ataque, não tendo feito qualquer remate à baliza adversária. A primeira parte foi muito fraca por parte do Varzim, o que proporcionou uns primeiros 45 minutos muito tranquilos para o guardião dos serranos, Vítor São Bento.

O Varzim SC foi uma equipa sem ideias no primeiro tempo
Fonte: Varzim SC

A primeira parte acabou com os ânimos exaltados, não dentro do campo, mas sim fora dele, nas bancadas, já que adeptos do SC Covilhã e Varzim SC se envolveram numa troca de palavras que rapidamente foi controlada pela polícia.

A segunda metade da partida foi menos conseguida e ficou marcada pelo pouco acerto no último passe e finalização da equipa da casa. O Varzim, ainda que mais próximo da área do Covilhã na segunda parte, continuou a ser uma equipa pouco ligada e com poucas ideias.
A primeira situação de real perigo aconteceu aos 74 minutos, quando Deivison, após uma bela abertura de Mica, falhou na cara do guarda-redes do Varzim.

Aos 81′, Deivison voltou a falhar o 2-0 para o Covilhã, rematando com força ao lado da baliza defendida por Emanuel.

Os minutos finais da partida vieram trazer algum entusiasmo, com a equipa do Varzim a subir no terreno, o que causou ainda alguns sustos aos adeptos do Covilhã. Emanuel, guardião do Varzim, subiu à grande área dos serranos para tentar a sua sorte, contudo, sem qualquer efeito no resultado, com Vítor São Bento a defender o cabeceamento do seu colega de posição.

Num jogo seguro e bem conseguido por parte do SC Covilhã, os serranos subiram, à condição, cinco lugares, sendo agora 13º na tabela classificativa, com os mesmos 20 pontos que Académico de Viseu FC e CD Cova da Piedade.

ONZES E SUBSTITUIÇÕES:
SC Covilhã: São Bento, R. Vieira, Henrique G., Adriano (73’ Bonani), Gilberto, Diego Medeiros, Tiago Moreira, Kukula (71’ Deivison), Zarabi, Rodrigues, Mica (85’ Semedo)

Varzim: Emanuel, Elizio, Nelsinho (70’ R. Barros), Júlio Alves (61’ Haman), J. Amorim, Baikoro (56’ Chérif), Baba, Mário Sérgio, Vasco Rocha, Jeferson, Nelson Agra

Anterior1 de 4Próximo

Comentários