A CRÓNICA: COM PRIMEIRO TEMPO DOMINADO PELO PENAFIEL E SEGUNDO PELA COVILHA EMPATE A JUSTIÇA FICOU PELO EMPATE

Para a partida, duas equipas em situações opostas entraram em campo no Estádio José dos Santos Pinho na Covilhã. Por um lado, os mandantes vivem a sua pior sequência no torneio, com dois empates e uma derrota nos últimos três jogos. Por outro lado, o FC Penafiel trouxe confiança para a Serra da Estrela após a vitória em casa contra o CD Nacional da Madeira.

Apesar da necessidade dos Leões da Serra de voltar às vitórias, o que se viu logo de início foi um domínio dos visitantes. Como consequência, a primeira finalização do jogo, veio aos cinco minutos, quando o ponta de lança Roberto cabeceou muito perto do gol de Léo.

Anúncio Publicitário

Somente aos 35 minutos uma grande oportunidade de golo. Num contra-ataque rápido, Simãozinho pelo lado esquerdo de ataque joga em direção a Roberto, mas o guarda-redes do Covilhã chega antes. No entanto, em seguida da defesa o guarda-redes deixa a bola escapar dos seus braços para que o mesmo Roberto desperdiçasse uma oportunidade a menos de cinco metros das redes.

Além disso, pouco se viu no primeiro tempo. Muita disposição física e pouco brilhantismo futebolístico. Isso fez com que os primeiros 45 minutos apenas tivessem uma única finalização em direção à baliza. Desta forma o leve domínio dos visitantes não, foi suficiente para inaugurar os golos no José Santos Pinto.

Os primeiros minutos do segundo tempo provaram ser a melhor parte do jogo. Ambas as equipas se projetam ao ataque, agora com várias oportunidades conforme o vigor físico e os espaços no relvado são criados.

Aos 55 minutos, Feliz Vaz o sinónimo de perigo parte o Penafiel, carrega a bola ela esquerda e chuta fora da área para a defesa de Léo, que salva a bola que tinha endereço para o fundo das redes.

Apesar de os mandantes terem a posse e a criação das jogadas, as oportunidades mais claras ainda são do Penafiel que aos 62 minutos realiza um arremate de longa distância para novamente Léo realizar uma importante defesa.

A última oportunidade foi concedida aos 90 minutos quando o Ahmed Isaiah num tiro livre primoroso acertou carinhosamente a baliza. O grito de desolação dos adeptos foi o suspiro final da partida.

A partida encerra-se empatada. O mais justo dos resultados, enquanto a primeira metade foi dominada pelo Penafiel, o segundo tempo teve os Leões da Serra como comandantes das melhores oportunidades. Assim, o Sporting da Covilhã aumenta a sua série de maus resultados. Por outro lado, o Penafiel consegue um resultado seguro, mas que lhe impede de permanecer entre avançar para os primeiros colocados.

A FIGURA

Ahmed Isaiah – O jogador mudou o prognóstico da partida. A sua entrada a partir do intervalo de jogo, fez com que a equipa toda da Covilhã crescesse e adicionasse oportunidades de golo. O médio chamou a responsabilidade e trouxe habilidade, ímpeto e inteligência para o meio de campo dos mandantes.

O FORA DE JOGO


Ricardo Vaz – A situação atual fez com que o Wender realizasse diversas alterações nos 11 iniciais. No entanto, algumas delas não deram resultado como esperado, A principal delas foi a entrada do avançado, Ricardo Vaz. O escolhido do técnico Wender, perdeu todos os embates disputados com os marcadores, além de oferecer pouca disposição ao ataque do Covilhã.

 

ANÁLISE TÁTICA – SC COVILHÃ

O técnico brasileiro Wender Said manteve a formatação em 4-4-2 que utiliza desde o início do campeonato. No entanto, o destaque foi a entrada de 4 jogadores diferentes em relação aos últimos 11 iniciais. Assim, Said pretendeu dar um novo fôlego e apostar em novidades contra o Penafiel. Para o segundo tempo, a entrada de Isaiah fez com que Ricardo fosse para o lado esquerdo de ataque. As outras substituições deram fôlego e prenderam o meio-campo adversário.

 

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Léo Navacchio (6)

Jean Felipe (5)

André Almeida (5)

Heliton Titão (6)

Lucas Barros (6)

Ryan Teague (5)

Jorge Vilela (5)

Medeiros (4)

Ricardo Vaz (3)

David Silva (5)

Diogo Almeida (4)

SUBS UTILIZADOS
Ahmed Isaiah (7)
Jô (4)
Arnold (5)
David Santos (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – FC PENAFIEL

Após a vitória em casa contra o Nacional da Madeira, o técnico Pedro Ribeiro mantém o 3-4-3 quando ataca e 5-4-1 na defesa como esquema tático. A saber, a única ausência é a de Bruno César, que nem viajou para Covilhã. No seu lugar, João Amorim dá um caráter mais defensivo e mais posicional em relação ao jogo propositivo de Bruno Cesár. As substituições mantiveram o padrão tático do início da partida.

 

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Caio Secco (7)

Capela (5)

Silvério Júnior (5)

Tagliapietra (5)

David Caiano (5)

João Amorim (6)

Edson Farias (6)

Simãozinho (4)

Feliz Vaz (7)

Rui Pedro (6)

Roberto (6)

SUBS UTILIZADOS
Ruca (5)
Ronaldo (5)
Robinho (5)
Pedro Prazeres (-)
Édi Semedo (-)

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

SC Covilhã

Bola na Rede: O Penafiel foi a equipa que mais propôs perigo ao Covilhã nesta época dentro do José Santos Pinto?

Wender Said: Foi. Não muito pelo fluxo de jogo do adversário. Que tem uma dinâmica muito boa, que constrói por trás, com três centrais. Os dois médios com muita classe e o Feliz com muita experiência nessa liga. Por que é um jogador muito anárquico. A partir do momento em que corrigimos estes erros no intervalo, o jogo foi da Covilhã.

FC Penafiel

Bola na Rede: Pelo volume de jogo construído no primeiro tempo e a bola adversária que acertou a baliza ao fim do segundo tempo, achas que o resultado acaba por ser justo?

Pedro Ribeiro: Nós sabíamos que iríamos defrontar uma excelente equipa. Portanto que teríamos que ser uma equipa competente para sairmos com os três pontos, que era nosso objetivo. A primeira é de sentido único, e só por mérito e felicidade do guarda redes Léo é que não conseguimos ganhar. Pressionamos com bola e não deixamos o Covilhã. A segunda etapa é mais equilibrada, principalmente com as entradas dos jogadores com mais vigor. O jogo ficou mais partido. E tivemos certa felicidade, sobretudo naquela bola que acerta a baliza. Portanto o empate ajusta-se pois nenhuma equipa conseguiu marcar.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome