Anterior1 de 4Próximo

Tarde de futebol com o Estádio José Santos Pinto a ser palco de uma enchente de adeptos, naquela que foi a 26.ª jornada da Segunda Liga portuguesa. O Covilhã, oitavo classificado da Segunda Liga, recebia vindos de Vila Nova de Famalicão, o segundo da tabela, o FC Famalicão.

Ainda antes do início da partida, Adriano foi galardoado com o prémio de melhor jogador do mês de fevereiro, premiando assim os bons últimos jogos do extremo do SC Covilhã.

O início da partida mostrou, nos primeiros minutos, um FC Famalicão próximo da área dos serranos, contudo não houve situações de real perigo para a baliza de Vítor São Bento.

Ao minuto 13 os serranos responderam, depois de um cruzamento irrepreensível de Tiago Moreira, Diego Medeiros tentou cabecear, contudo a defesa do FC Famalicão cortou para canto. Logo de seguida, no decorrer desse mesmo canto, Kukula cabeceou contra um defesa da equipa visitante.

Já aos 19 minutos da partida, depois de uma grande confusão na pequena área do Covilhã, a bola sobrou para Jorge Miguel que rematou por cima e com algum perigo à baliza do guardião dos serranos.

Ao minuto 30, numa jogada que foi de um campo ao outro, Kukula passou para o capitão dos serranos, Gilberto, que passando por um jogador do FC Famalicão, rematou com força para uma grande defesa de Defendi.

A primeira parte acabava com pouco a registar, tanto de um lado como do outro. Muita luta a meio-campo, muitas faltas, mas pouco perigo para as balizas de ambas as equipas. O ânimo estava mais do lado dos adeptos, tanto daqueles que vieram de Famalicão, que não pararam de apoiar a equipa, como do lado dos serranos.

Fonte: Bola na Rede

A segunda parte começou praticamente com o golo da equipa da casa. Aos 53 minutos, depois de um cruzamento de Henrique, que parecia não ir criar perigo, erro da defesa do FC Famalicão, que deixa passar a bola, Mica recebe e remata ao canto inferior da baliza, sem qualquer hipótese para Defendi.

Aos 57 minutos, cruzamento ao fundo da linha, Feliz ainda se estica, mas não chega para pôr a bola no fundo das redes de São Bento.

A partir daí o Famalicão apertou com a equipa da casa, deixando o SC Covilhã recuado na sua área, contudo sem qualquer efeito no marcador, muito devido à entreajuda defensiva da turma serrana.

No entanto, foram mesmo os serranos que voltaram a mexer com o resultado. Num contra-ataque, aos 80 minutos, Gilberto foi com a bola desde o meio-campo até à entrada da área do FC Famalicão, fazendo o 2-0 para a sua equipa.

O SC Covilhã vencia assim no Estádio José Santos Pinto, subindo ao sétimo lugar da tabela, com 37 pontos e somando já 10 jogos sem conhecer o sabor da derrota. Já o FC Famalicão somou a segunda derrota consecutiva, continuando em zona de promoção, mas tendo agora apenas dois pontos de vantagem sobre a Académica OAF e três do Estoril-Praia SAD.

ONZES E SUBSTITUIÇÕES:

SC Covilhã: São Bento, R. Vieira, Henrique G., Adriano (77’ Bonani), Gilberto, Diego Medeiros, Jaime, Tiago Moreira, Kukula (65’ Deivison), Rodrigues, Mica (87’ Leandro Pimenta)

FC Famalicão: Defendi, Pathé Ciss (65’ Ashley-Seal), Walterson (56’Anderson), Fabrício, Capela, Jorge Miguel, Ricardo, Joel, Feliz (87’ Fabinho), Rocha, Hocko

Anterior1 de 4Próximo

Comentários