sporting cp cabeçalho 2

Que os sportinguistas não se iludam porque o fim está realmente próximo. Deus, omnipresente e omnipotente, observa e não gosta do que vê, pronto a castigar-nos. A profecia diz que as dez Pragas de Deus estão prontas a abater-se sobre o clube e um Deus irado é o que todos nós vamos conhecer daqui para a frente. Andámos feitos hereges e agora não temos volta a dar. Estava escrito e nós não sabíamos ou não quisemos saber e agora:

1 – O relvado do estádio de Alvalade vai tornar-se em terra batida;

2 – Bruno Paixão vai arbitrar todos os jogos daqui para a frente;

3 – Piolhos vão alojar-se no couro cabeludo do Slimani e ele não marcará de cabeça de novo;

Anúncio Publicitário

4 – Uma praga de moscas irá distrair os jogadores por estarem só a enxotá-las;

5 – Fortes, graves e crónicos problemas intestinais acontecerão àqueles que ousarem jogar bem;

6 – Os jogadores terão cirrose porque a partir daqui serão todos uns bêbados;

7 – O Sporting jogará sempre debaixo de forte granizo, e os adversários dum sol agradável;

8 – A típica praga de gafanhotos. Desta Deus não abdica;

9 – Os holofotes do estádio deixarão de funcionar para sempre;

10 – O Sporting CP passará por fim a ser um clube das divisões amadoras.

Esta é a profecia e nós devemos temer e revoltar-nos contra o único culpado e responsável por este mal que se abateu sobre o Sporting e os sportinguistas. Aponto o dedo a Bruno de Carvalho, ele, que está dedicado a arruinar o Sporting com todas as suas forças; esse judeu, muçulmano, católico, mórmon, amish, hindu, budista, anabatista, protestante, satânico, ou o que quer que ele seja, só pode ser um herege em quem nós confiámos. Três anos depois o clube parece estar muito melhor mas é uma capa imposta por esse capeta para nos cegar.

Saindo do registo de profeta da desgraça, creio que já deixei claro o meu apoio ao trabalho que está a ser realizado pelo Presidente BdC, mas não posso deixar de achar algo cómico quando já ouvi mais que uma vez, também por sportinguistas, mas principalmente por adeptos de clubes adversários, que Bruno de Carvalho vai ser a desgraça do Sporting.

A futurologia prevê dias terríveis para este estádio ao comando de Bruno de Carvalho Fonte: Sporting CP
A futurologia prevê dias terríveis para este estádio ao comando de Bruno de Carvalho
Fonte: Sporting CP

Ao que parece, Bruno de Carvalho mais cedo ou mais tarde revelar-se-á como o tirano que é, e virá tudo à tona e uma grande desgraça irá abater-se sobre o Sporting. Mas digo-vos eu que pior que a desgraça Godinho Lopes já não poderemos ter, por isso nós já rastejámos na lama e voltámos, com um principal responsável no processo, o nosso Moisés, que libertou o clube de todos esses dirigentes oportunistas e voltou a torná-lo num clube competitivo. Por isso não sei qual é a razão de todo esse alarido, mas uma coisa eu sei, já disse e repito.

Quando são os adversários que não o querem lá, então é o homem certo para lá estar. Porque, caríssimos benfiquistas e portistas, devo admitir que também preferia que os vossos respectivos clubes tivessem presidentes menos competentes do que aqueles que têm, incapazes de fazerem as coisas bem feitas, de tomarem decisões acertadas e de defenderem o clube que presidem e representam, como é a sua responsabilidade. Tornariam as coisas muito mais fáceis para que o Sporting acabasse com o jejum de campeonatos.

Minto, porque a verdade é que não preferia. Como adepto incondicional de futebol, reconheço apesar de tudo que o futebol não faz a minha vida e o que eu quero mesmo é um Sporting forte e competitivo numa liga portuguesa forte e competitiva. E para que isso aconteça é preciso competência no Sporting, nos clubes adversários e em todos os atores que participam no mundo do futebol, como, por exemplo, árbitros e dirigentes das instituições.

Reconheço que o futebol é uma das minhas paixões mas que é muito mais interessante se for realmente competitivo, e aqui reforço uma vez mais o meu apoio ao Presidente Bruno de Carvalho, que a meu ver, apesar de não o conhecer pessoalmente, quer o melhor para o Sporting CP e está a fazer por isso; e eu ficaria muito surpreendido e desiludido se realmente se viesse a provar o contrário: que é apenas mais um dirigente corrupto e oportunista. Acho no entanto que por vários factores, talvez mais emocionais do que racionais, ou quem sabe sejam apenas jogos mentais fora das quatro linhas, a troca de palavras e as ofensas atingiram níveis que não dignificam o desporto.

A comunicação social tem aqui uma tremenda culpa. O jornalismo, que é suposto ser imparcial ética e deontologicamente, nem sempre o é, e por vezes os meios de comunicação social dão tempo de antena e azo a estas guerras e metem palavras na boca de pessoas como o Pedro Guerra e outros semelhantes, e inflamam e opõem as pessoas entre si em nome do clubismo fanático. Acho que chegou a altura, talvez até já venha tarde, de cada um se preocupar com o seu próprio clube e de todos lutarmos pela qualidade do futebol português. Isso só é atingível com pessoas competentes.

 

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários