Frederico Varandas já tinha anunciado que estava a decorrer uma auditoria forense à gestão do ex-presidente do Sporting CP Bruno de Carvalho, mas ainda pouco se sabia acerca da mesma, apesar de uma intervenção do atual presidente numa conferência de imprensa a 22 de fevereiro de 2019 em que referiu alguns pormenores, ainda que poucos, acerca da “radiografia’” ao passado recente dos leões. Contudo, saiu na quarta-feira, em vários órgãos de comunicação social, o resultado da tão secreta e misteriosa auditoria. Mas o que se passa afinal?

Considero gravíssimo o que aconteceu. Os sportinguistas usam o termo toupeira para provocar o SL Benfica, mas a verdade é que parece que no nosso clube o mesmo acontece. Algo secreto e de extrema importância, não só para todos os sócios como também para a estabilidade interna, acaba desta forma em praticamente todos os jornais nacionais. O Sporting CP viu vários dados antigos serem revelados em praça pública, que o colocaram na rota noticiosa mais uma vez pelos piores motivos. É verdade que ainda nada foi sequer comentado por Frederico Varandas, mas o facto é que é uma vergonha tal situação ter acontecido no nosso clube.

Os primeiros a saber da auditoria forense deveriam ter sido os sócios
Fonte: Sporting CP

Para que servem as assembleias gerais? Apenas para destituir presidentes e suspender sócios? E a discussão desta auditoria? Não deveria ser ultra-secreta e apenas revelada perante todos os associados do emblema leonino? Fala-se muitas vezes que o clube é dos sócios, mas parece que na verdade não é bem assim. Quando todos têm acesso a assuntos confidenciais, o clube perde credibilidade, assim como a direção que lá vigora. No entanto, parece que nada se passa, pois nem um comunicado relativo ao assunto foi emitido.

Concluindo, não me quero alongar muito, pois a revolta em mim faz-me escrever coisas pouco simpáticas. Apenas quero reforçar, mais uma vez, a gravidade de tal acto acontecer. Os sócios têm de se fazer ouvir. Estes tipos de situações não podem acontecer. Não se vê isto em mais nenhum dos nossos rivais. Tem de se apurar responsabilidades dentro da estrutura. Também há toupeiras em Alvalade?

Foto de Capa: Sporting CP

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários