O Sporting CP falhou a contratação de um defesa central no passado mercado de verão, com a principal abordagem a ser o brasileiro Lyanco, jogador do Torino FC. No entanto, os valores pedidos eram proibitivos para a SAD leonina, que continua ainda assim com esse dossier por resolver. Com a abertura do mercado de inverno, os responsáveis leoninos continuam a cogitar um dos seus desejos antigos: reaver o português Rúben Semedo.

O central é titular no Olympiakos FC e está avaliado em sete milhões, segundo o site TransferMarkt. Os leões têm de contar também com a concorrência dos principais rivais nacionais – águias e dragões – mas também de algumas das melhores equipas europeias que também pretendem contratar o central português.

No atual contexto leonino e com o Sporting CP a chegar ao primeiro lugar isolado com apenas oito golos sofridos no campeonato, poderá surgir a ideia de que não é necessário reforçar um sector que se encontra debilitado, pois existe uma enorme qualidade coletiva que não deixa expor tanto as debilidades individuais, sobretudo porque Rúben Amorim se concentra em defender bem.

A verdade é que também por se encontrar na liderança do campeonato e por desejar tanto recuperar um título que foge desde 2001/2002, existe a necessidade de se reforçar para almejar o título com outras armas – pensando também já na próxima época, onde poderá disputar a Champions League.

Anúncio Publicitário
A última presença em Alvalade está datada de abril de 2019, altura em que regressou ao Rio Ave FC
Fonte: Bola na Rede

Rúben Semedo é um central bastante alto e completo, podendo atuar perfeitamente em qualquer um dos lados do centro defensivo, mas que aqui viria a ocupar facilmente a posição mais à direita pois Luís Neto vai revelando algumas debilidades – quer na construção, quer defensivamente – e, nesse sentido, Rúben Semedo viria a ser um grande upgrade para Rúben Amorim. Excelente velocidade na passada, boa leitura de jogo e timings para controlar a profundidade, encaixando perfeitamente numa equipa que gosta de pressionar mais alto no terreno.

Apesar de por vezes ser algo precipitado, cresceu e amadureceu na Grécia e seria uma enorme vantagem para o Sporting CP poder voltar a contar com um jogador que conhece bem a casa, podendo também ser mais um elemento importante nas bolas paradas leoninas.

Com o desaparecimento de Eduardo Quaresma, com a incapacidade de Neto e com a necessidade de investimento – mais do que nunca – por parte da SAD Leonina, contratar Rúben Semedo a qualquer custo seria barato para o Sporting CP olhando para o rendimento desportivo e para o retorno financeiro que poderá obter, a contratação de um defesa central é essencial e o perfil terá de ser este.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome