sporting cp cabeçalho 1Muito se tem debatido nos últimos dias sobre a continuidade ou saída de Islam Slimani. O avançado argelino que marcou 31 golos na temporada passada, está a ser cobiçado por vários clubes europeus, poderosos a nível financeiro.

Foi noticiado neste fim de semana que a cláusula de rescisão do ponta de lança, cifrada nos 30 milhões de euros, é válida apenas durante o mês de junho. A ser efetivamente verdade, é uma ótima notícia para os sportinguistas, pois significa que, a partir de julho, o jogador apenas sairá quando algum clube chegar a acordo com Bruno de Carvalho que, como se sabe, não costuma facilitar na mesa de negociações.

A presença de Slimani é, na minha opinião, super importante para a manutenção da qualidade ofensiva da equipa. Apesar de saber que em janeiro haverá CAN, onde a Argélia vai marcar presença, penso que vale a pena lutar pela permanência do dianteiro em Lisboa. Além de Slimani, o Sporting tem Lukas Spalvis e Hernán Barcos como alternativas para a posição de ponta de lança.

Enquanto o jovem lituano é um jovem com potencial por confirmar, que vai necessitar de tempo de adaptação ao nosso futebol e aos métodos exigentes de Jorge Jesus, Barcos parece-me ser, neste momento, a principal alternativa a Super Sli. O experiente argentino, chegado em janeiro, já vai ter alguns meses de futebol português e vê chegar para a nova temporada um parceiro de ataque que já conhece, desde que jogaram juntos, há dois anos, no Grémio de Porto Alegre: Alan Ruiz.

Alan foi contratado para a nova temporada e é aguardado com muita expetativa pelos adeptos leoninos, pela sua qualidade técnica, mas também pela possibilidade de reedição de uma dupla que já teve sucesso nos relvados brasileiros. Pode muito bem ser este o plano gizado por Jorge Jesus para fazer face à ausência, temporária ou definitiva, de Slimani.

Barcos, cada vez mais habituado ao futebol português, poderá ter um papel de destaque Fonte: Sporting CP
Barcos, cada vez mais habituado ao futebol português, poderá ter um papel de destaque
Fonte: Sporting CP
Anúncio Publicitário

Nestas contas, não podemos deixar de fora mais dois jogadores: Teo Gutiérrez e Bryan Ruiz. Enquanto o colombiano tem a sua permanência em dúvida, apesar da excelente imagem deixada na fase final da temporada, o costarriquenho tem permanência garantida, pode ascender ao grupo de capitães de equipa e tanto pode jogar na esquerda como no apoio ao homem mais adiantado. Não é de admirar que Bryan possa fazer alguns jogos no meio, durante a próxima temporada, tendo em conta a preponderância que jogadores como Gelson Martins ou Iuri Medeiros poderão ter na próxima época verde e branca.

Tenho de admitir que, tal como muitos outros sportinguistas, tenho bastantes expetativas depositadas em Barcos. Talvez seja por termos tido o fenómeno de Beto Acosta há 16 anos, talvez seja pelos vídeos de Hernán Barcos que estão disponíveis na internet.

Com Bryan e Slimani ou com Alan Ruiz e Barcos, o que os sportinguistas querem é gritar “golo” várias vezes. E confio plenamente que com estes jogadores isso será possível.

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários