milnovezeroseis

Caro leitor,

Antes de falar do tema fulcral desta crónica, espelhado no título, permitam-me que deixe uma ressalva sobre o Benfica – 2 Sporting – 0. Já tudo se disse, escreveu e falou sobre o derby da passada terça-feira. O Sporting foi uma equipa inábil, sem fio de jogo, nem pitada de aproveitamento, o que conduziu a uma vitória justa do arqui-rival, Benfica. Certo. Contudo, fazer uma análise meramente focada num só jogo induz ao erro. É preciso não esquecer que o Sporting tem vindo a realizar um campeonato exímio. Ponto final no assunto “Benfica-Sporting”. Amanhã volta a rolar a bola em Alvalade, e o jogo é para vencer.

Voltando à temática central da crónica: Nestes dias discutir-se-á uma plataforma que gera bastante interesse e curiosidade – a Sporting TV. Mais propriamente conhecer-se-á, no decorrer desta semana, que empresa ficará a cargo da produção do canal. Em cima da mesa restam três nomes: a Image In, representada por Pedro Jorge, antigo jogador de futebol de praia da equipa leonina; a World Channels, que tem como principal investidor José Manuel Alves e o Projecto USB, liderado por Pedro Luiz de Castro, outrora jornalista da área de desporto da televisão estatal.

Segundo números recentes do caderno de encargos, a Sporting TV terá um orçamento anual de 1,8 milhões de euros. A margem de manobra não parece, portanto, ser alargada. Mas os valores quantitativos pouco importam neste caso. De facto, o que merece atenção e louvor é a criação de um canal integralmente afecto ao clube, a Sporting TV. Bruno de Carvalho merece, igualmente, o mérito de estar, até ver, a cumprir uma importante promessa eleitoral.

 Fonte: foradejogo08.blogspot.pt
Deve a Sporting avançar?
Fonte: Foradejogo08.blogspot.pt

Pessoalmente, sou a favor da Sporting TV. Para um clube centenário e com um ecletismo abrangente, que é uma das maiores bandeiras do clube, ter um canal de televisão próprio faz todo o sentido. As modalidades leoninas só ganharão com a criação da Sporting TV. Os jogos de modalidades como o andebol, o hóquei em patins ou o futsal farão, certamente, parte da grelha do canal, o que fará com que os sportinguistas acompanhem de forma mais regular as modalidades do Sporting, parte importante da história do clube. Os jogos dos escalões de formação poderiam, também, ser visionados em directo. Num clube mundialmente conhecido pela formação de excelência, seria excelente ter a possibilidade de acompanhar todas as semanas os jogos dos futuros craques do Sporting.

De acordo com as intenções da direcção leonina, a Sporting TV iniciará as transmissões em Maio. Com efeito, esta é uma boa notícia e que deixa os adeptos e sócios dos leões na expectativa de ver o que será realmente a Sporting TV. A ideia em si é excelente e trará várias consequências boas ao clube, algumas já referidas anteriormente. Se a direcção de Bruno de Carvalho atuar com a mesma excelência com que pautado o seu mandato, o canal será um sucesso. Esperemos que assim seja.

Comentários