Ze Pedro Mozos - Sob o Signo do Leao

Sempre tive o desejo, que cada vez se foi tornando mais impossível de realizar, de que Leonardo Jardim acabasse por ficar no Sporting. O treinador madeirense acabou por não resistir ao assédio do Mónaco e lá partiu, deixando o clube leonino desfalcado. Mas o Sporting não podia parar e rapidamente contratou um grande treinador: Marco Silva. Este jovem treinador parece-me a escolha mais acertada, não só pela sua ideia de jogo – que se enquadra perfeitamente naquilo que é o Sporting – mas também pela sua maneira de preparar e, posteriormente, analisar os jogos; pela forma como arranja soluções válidas para baixas de peso; pela forma de fazer um clube com poucos recursos lutar por objetivos que seriam, à partida, demasiado ambiciosos para o orçamento de que dispõe; no fundo, saber lidar com as adversidades e superá-las.

Na conferência de imprensa de ontem, na qual Bruno de Carvalho apresentou Marco Silva como novo técnico leonino, os adeptos estavam ao rubro. O novo treinador do Sporting sentiu, certamente, que existe muita confiança, mas também muita esperança, depositadas nele. E é justo, pois Marco Silva tem muito potencial e está ao nível do seu antecessor. Leonardo Jardim começou um trabalho louvável, que merece ser continuado com igual afinco, e o ex-técnico do Estoril parece-me a melhor escolha para fazer com que o clube de Alvalade volte – e que seja já na próxima época! – a estar na luta pelo título.

Quem via de fora, como eu, a apresentação de Marco Silva, ficava com a ideia de que o ambiente na sala era de muita festa. Mais tarde vim a saber que a euforia se prolongou para lá da hora do fim da conferência de imprensa para que os adeptos pudessem ter um primeiro contacto com o novo treinador. Parecia que já ninguém se lembrava de Leonardo Jardim. E, por um lado, ainda bem! Não podemos ficar agarrados ao passado. É verdade que o trabalho realizado por Leonardo Jardim foi extraordinário e que não pode ser esquecido. No entanto, o técnico do Sporting é agora Marco Silva, e é ele que vai conduzir os destinos do Sporting nos próximos quatro anos e é nele que se deve depositar toda a esperança que renasceu ao longo da temporada que acabou oficialmente no Domingo passado.

Marco Silva precisa do Sporting assim como o Sporting precisa dele.  Fonte: Zerozero
Marco Silva precisa do Sporting assim como o Sporting precisa dele.
Fonte: Zerozero

Não tenho dúvidas de que o clube do meu coração irá lutar pelo título na próxima época até ao fim. A ideia de que corremos por fora pode vir a beneficiar-nos mais uma vez. E esperemos bem que sim! E Marco Silva será um dos principais rostos desse novo Sporting: o Sporting da afirmação. Confio plenamente nesta direcção e em toda a estrutura, assim como também confio em Marco Silva e no seu trabalho enquanto treinador. Foi um trabalho que se foi superando ano após ano e que valeu ao Estoril duas idas à Liga Europa e a melhor classificação de sempre do clube da linha. O jovem técnico, de apenas 36 anos, foi brilhante e o Sporting é a melhor opção para continuar a evoluir enquanto treinador.

Anúncio Publicitário

Neste momento, Marco Silva precisa do Sporting e o Sporting precisa de Marco Silva. Ambas as partes estão em crescimento, com provas dadas e com potencial para crescer. Precisam um do outro e ajudar-se-ão mutuamente. Acredito que, juntos num só projecto, tanto clube como treinador alcançarão a glória. Se cumprir o contrato até ao fim, não tenho dúvidas de que Marco Silva será campeão pelo Sporting.

Enquanto adepto fico triste por ver que Leonardo Jardim saiu para um projecto mais pobre do que o do Sporting; mas nós por cá continuaremos a engradecer o clube, afirmando-nos cada vez mais. A primeira peça para não deixar que este projecto se vá abaixo e para o continuar a fazer crescer chama-se Marco Silva. Estamos bem entregues e temos recursos para poder sonhar com voos mais altos, como sempre o fez o novo técnico do Sporting. Marco Silva, sempre que sonhou, alcançou. Agora é a vez do Sporting!

Comentários

Artigo anteriorRoland Garros – Vamos a isto?
Próximo artigoPaços de Ferreira garante manutenção na Liga Zon Sagres
O Zé Pedro nasceu um dia sob o signo do leão, assim como uma das suas maiores paixões: O Sporting. Desde aí que o seu percurso tem sido traçado a verde-e-branco. Vibrou com os grandes triunfos e sofreu com os desaires, mas nunca deixou de apoiar o clube leonino. Escrever para este site é só uma das muitas formas de expressar aquilo que sente pelo Sporting.                                                                                                                                                 O José não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.