O que eu julgava ser uma notícia própria do Dia das Mentiras, tem, todavia, feito correr alguma tinta na imprensa desportiva durante esta semana: o Manchester United terá feito aos Leões uma proposta por Nuno Mendes que consiste em 40 milhões e no empréstimo de Alex Telles por duas temporadas, com os Red Devils a suportar cerca de 70% do salário do ex-lateral do FC Porto.

A concretizar-se este negócio, o Sporting CP arriscar-se-ia a descer de cavalo para burro. Nunes Mendes tem tudo para alcançar o topo mundial, é um jovem lateral esquerdo de 18 anos e já internacional A, de longe o melhor da Liga Portuguesa na sua posição, blindado com uma cláusula de rescisão no valor de 70 milhões. Já Alex Telles é um lateral mediano que saiu de Portugal por 15 milhões de euros e que se revelou um verdadeiro flop no clube de Manchester, não conseguindo tirar o lugar ao inglês Luke Shaw.

Obviamente que só uma liga de fraca qualidade como a portuguesa poderia fazer do lateral brasileiro o grande jogador que nunca foi. Aliás, a sua última época em Portugal foi talvez a pior ao serviço do FC Porto, apenas disfarçada com os golos de penalty e algumas bolas paradas. Num clube que é considerado como eterno candidato a ganhar a Premier League, parece óbvio que Telles atirou-se para fora de pé.

Alex Telles, ex-FC Porto, viu o seu nome inscrito num rumor de mercado de verão
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

É certo que nas actuais circunstâncias é muito pouco provável vermos clubes a desembolsar 70 milhões por um jogador, sobretudo, por um lateral. E também é verdade que o Sporting CP precisa com urgência de encaixes financeiros. No entanto, o negócio que terá sido proposto pelos Red Devils é absolutamente inócuo. Aliás, o seu rival Manchester City terá sempre “prioridade” na compra de Nuno Mendes, em virtude do acordo celebrado entre os Citizens e os leões, e acaba sempre por ser a melhor opção neste “leilão” tendo em consideração o interesse do Sporting CP em adquirir Pedro Porro a título de finitivo.

Anúncio Publicitário

Reitero que Nuno Mendes tem apenas 18 anos! Indo ao Campeonato Europeu pela Selecção A e representando os Leões na Liga dos Campeões, Nuno Mendes pode muito ficar mais duas épocas em Alvalade sem baixar o seu valor de mercado enquanto cresce mais como jogador.

Notícias deste género servem apenas para desestabilizar o grupo de trabalho leonino e o próprio jogador que tem sido um pilar fundamental no jogo de Rúben Amorim.