Retomam-se os trabalhos e regressam os jogadores que estiveram emprestados a outras equipas pelo que se inicia, em breve, a nova temporada do Sporting Clube de Portugal. Como se sabe, ainda mais difícil do que ganhar, é permanecer no topo. Em ano de Champions League, os leões terão de preencher algumas lacunas no plantel, de modo a possuir um maior leque de opções para os muitos jogos que terão pela frente.

Rosier vem de uma época muito positiva no Besiktas JK. Foi indiscutível na equipa de Istambul, que conquistou o campeonato turco e a taça. Realizou 37 jogos, marcando três golos – um deles precisamente na final da taça. Apesar da primeira época menos conseguida em Portugal, é um jogador que demonstrou lampejos de qualidade, ainda jovem e que poderá ser uma alternativa viável a Porro, caso o campeão turco não exerça a cláusula de compra de sete milhões. Nesse caso, resta saber se Amorim contará com o lateral francês…

Em 2020/2021, Valentín Rosier destacou-se ao serviço do Besiktas
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Misic, jogador emprestado ao GNK Dinamo Zagreb, já não voltará, uma vez que o clube croata já acionou a cláusula de compra, fixada em dois milhões. Bruno Gaspar, por sua vez, está emprestado ao Vancouver Whitecaps FC até 31 de dezembro de 2021, pelo que não regressará já e será um dossiê para ser resolvido em janeiro.

No que diz respeito aos restantes, a situação que se afigura mais provável é a colocação no mercado. Sporar, Battaglia, Camacho, Doumbia, Diaby, Eduardo, Ilori, Pedro Marques e Pedro Mendes dificilmente contarão para Amorim, podendo representar um encaixe significativo nos cofres leoninos, algo que seria importante para dar maior margem de manobra a Hugo Viana.

Anúncio Publicitário

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome