Sporting CP procura regressar às vitórias, após eliminação na meia-final da Taça da Liga

Sporting CP e Marítimo disputam, esta segunda-feira, o centésimo embate da história entre os dois clubes. O Marítimo chega a Alvalade num bom momento: a equipa insular não perde há seis jogos e tem sido um coletivo muito consistente, que sofre poucos golos. Os maritimistas somam 20 pontos nesta viragem para a segunda volta da Liga NOS. Do lado leonino, a equipa liderada por Jorge Silas procura regressar às vitórias, após duas derrotas consecutivas. É fundamental ao Sporting vencer para não perder mais pontos, para já na luta pelo terceiro lugar.

COMO JOGARÁ O SPORTING

Jorge Silas tem para este embate cinco jogadores indisponíveis (Mathieu, Acuña, Eduardo e Bolasie, todos devido a castigo) e ainda Luciano Vietto, por lesão. O Sporting deverá apresentar uma estrutura em 4X2X3X1, com dois jogadores mais verticais nas faixas, Rafael Camacho e Gonzalo Plata. No processo ofensivo, será importante a incorporação dos laterais, dando profundidade no corredor. Além disso, a primeira fase de construção leonina, será a três, com Doumbia a baixar para junto dos dois defesas-centrais.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Bruno Fernandes – O capitão leonino, Bruno Fernandes, será uma peça chave nesta partida, dadas as ausências de algumas das principais peças no xadrez de Silas. O número oito leonino já soma 15 golos e 14 assistências em 27 partidas disputadas. Este será um jogo em que o Sporting no seu processo ofensivo depende muito da produção do seu capitão. Bruno Fernandes tem uma qualidade técnica muito acima da média, visão de jogo e inteligência, qualidade de passe e forte meia distância, sendo por isso uma peça-chave para ajudar a equipa a vencer.

XI PROVÁVEL

4x2x3x1– Max; Ristovski, Coates, Neto e Borja; Doumbia, Wendel; Rafael Camacho, Bruno Fernandes, Plata; Luiz Phellype.

 

COMO JOGARÁ O MARÍTIMO

O Marítimo, sob a liderança de José Gomes, tem apresentado uma estrutura em 4X4X2. Sendo que em Alvalade deverá abdicar do seu ponta-de-lança, Rodrigo Pinho, para jogar com dois jogadores mais móveis na frente. Os insulares deverão privilegiar a sua organização defensiva, jogando com as suas linhas juntas para depois explorar as transições rápidas. O Marítimo apresentará dois jogadores muito velozes nas alas, bem como Getterson e Joel Tagueu na frente. Recorde-se que nos últimos seis jogos, o Marítimo apenas sofreu três golos, em duas das seis partidas.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: CS Marítimo

Joel Tagueu – O jogador camaronês está de regresso às opções de José Gomes, depois de superado o problema cardíaco diagnosticado no início da temporada. Na última jornada, diante do FC Famalicão, fez o golo madeirense, que valeu um ponto à sua equipa. O avançado madeirense é muito veloz, sendo muito útil para a sua equipa para explorar as costas da defesa adversária. Poderá ser uma arma, para José Gomes, quando a equipa sair em transições rápidas.

XI PROVÁVEL

4x4x2– Amir; Bebeto, Renê Santos, Zainadine e Rúben Ferreira; Jorge Correa, Vukovic, Diego Moreno e Nanú; Joel Tagueu e Getterson.

Foto de Capa: Carlos Silva/Bola na Rede

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários