Anterior1 de 6Próximo

Uma das provas de fogo dos leões nesta reta final de temporada, era a recepção ao FC Porto na segunda mão da meia final, com uma desvantagem trazida do Dragão (1-0). Um dos objetivos da equipa liderada por Jorge Jesus era a conquista da Taça de Portugal, a segunda competição mais importante no nosso país e com um significado especial para o “mister” leonino. Num ambiente extremamente hostil, para não fugir à regra, os jogadores no relvado e os adeptos nas bancadas conseguiram igualar a eliminatória através do central uruguaio Seba Coates, levando a decisão para prolongamento e posteriormente para os pontapés de penálti, onde o Sporting acabaria por levar a melhor sobre o rival FC Porto pela segunda vez na presente temporada. O Sporting está pela 28ª vez no Jamor.

Até final da presente temporada, a equipa leonina tem cinco provas de fogo, sendo que uma delas é a final da Taça de Portugal e quatro para o campeonato nacional, onde matematicamente é possível alcançar o título de campeão nacional, mas o foco principal neste momento é conseguir alcançar o segundo lugar e respetivo acesso à fase de qualificação da Liga dos Campeões. Partindo atrás de FC Porto (primeiro classificado) e S. L. Benfica (segundo classificado), para alcançar a segunda posição no pódio, a turma de Alvalade depende apenas de si, ou seja, se vencer em todas as jornadas tendo em conta que irá enfrentar em Alvalade o segundo classificado Benfica (neste momento com mais três pontos que os leões), chegará à segunda posição da tabela classificativa, com igualdade pontual mas com vantagem no confronto direto com a equipa de Rui Vitória (na primeira volta registou-se um empate a uma bola na Luz). De realçar que a diferença pontual do líder Porto para os leões é de cinco pontos.

Anterior1 de 6Próximo

Comentários