Anúncio Publicitário

porta

Se dúvidas havia sobre a importância que Jorge Jesus dá à participação do Sporting na Liga Europa, essas foram dissipadas assim que a ficha de jogo foi publicada. Foram sete as alterações que o técnico leonino realizou, voltando a apostar em Tobias após o jogo extremamente infeliz do jovem central frente ao Lokomotiv; entregando uma das alas à promessa leonina Matheus Pereira e reformulando a dupla de avançados, fazendo descansar Slimani e Montero, apostando em Teo Gutiérrez e dando a Bryan Ruiz novas competências, numa posição de segundo avançado.

Matheus tinha assim a hipótese de se estrear com a camisola principal do leões, realizando um sonho antigo, e logo num ambiente frenético como o do Ataturk. O menino deu logo sinais de querer recompensar a aposta de Jesus, conseguindo logo uma assistência para o primeiro golo da partida, apontado pelo costa-riquenho Ruiz à passagem do quarto de hora. Este golo veio mostrar também a posição onde Bryan Ruiz rende mais –  jogando na zona central  – conseguindo ter os espaços e as oportunidades de alvejar a baliza que lhe faltam quando joga pelos corredores e escondendo a sua fraca velocidade.

Anúncio Publicitário
O número 20 marcou o primeiro golo com a camisola leonina Fonte: Facebook Oficial do Sporting
O número 20 marcou o primeiro golo com a camisola leonina
Fonte: Facebook Oficial do Sporting

Outra das melhorias evidenciadas no conjunto verde e branco durante a primeira parte era a pressão alta realizada pelos jogadores leoninos, sendo que William Carvalho veio trazer uma nova alma ao meio campo, secundado por Aquilani. A dupla conseguia travar os adversários ainda no primeiro terço do terreno, limitando a influência de Hutchinson e Uysal no conjunto turco e conseguindo fazer com que a bola não chegasse com regularidade a Gokhan Tore e principalmente Ricardo Quaresma.

O Sporting comandava o encontro e não se limitava a defender a magra vantagem; Teo Gutiérrez teve a hipótese de dobrar a vantagem, mas desperdiçou com alguma dose de azar à mistura a segunda oportunidade que teve no encontro. Algo que acabou por motivar a equipa turca, que aproveitou os últimos cinco minutos da primeira parte para mostrar que não estava contente com o resultado que figurava no marcador. Senol Gunes, decidiu trocar os extremos e colocou Quaresma num duelo com Jonathan Silva, algo que se provou uma prova de fogo para o lateral argentino, uma vez que algumas entradas impetuosas nos primeiros minutos já lhe tinham valido um cartão amarelo.

Ao intervalo, o Sporting vencia com justiça num terreno difícil, e Jesus mostrava que apesar de se apresentar em solo turco com uma equipa sem algumas das estrelas, tinha alternativas disponíveis para levar de vencida um rival directo pelo apuramento no grupo H. O destaque desta primeira parte iria para Bryan Ruiz, um jogador que parecia renascido nas novas funções; apoiando o ponta de lança, defendendo com regularidade e, acima de tudo, marcando golos que se podiam revelar importantes.

Para o início da segunda metade, o treinador turco deixou no banco Uysal e apostou em Ozyakup, médio com formação no Arsenal, para a batalha a meio campo frente a um inspirado William Carvalho. Respondeu Jesus, tirando Matheus Pereira e reforçando o corredor central com Adrien Silva.

O golo do empate turco surgiu numa arrancada pela direita do lateral direito Andreas Beck, que coloca a bola dentro da grande área leonina e onde surge sozinho o extremo Tore, que bate com facilidade um desamparado Patrício. Mais uma vez o Sporting baixou o ritmo numa segunda parte “europeia”, e mais uma vez com resultados práticos negativos; permitindo aos adversários crescer na partida e tomar para si um domínio que o Sporting tinha perdido com a entrada amorfa na segunda parte.

Gokhan Tore e Quaresma estiveram sempre em foco do lado turco Fonte: Facebook Oficial do Besiktas
Gokhan Tore e Quaresma estiveram sempre em foco do lado turco
Fonte: Facebook Oficial do Besiktas

O jogo pedia Slimani, e Jesus desta vez não esperou muito para mudar o ataque leonino, entrando o goleador argelino para o lugar dum desinspirado Gutiérrez. Contudo quem continuava a mandar na partida era a equipa da casa, mantendo o perigo nas imediações da área de Patrício, com Goméz e o recém entrado Tosun a fazerem a dupla mais avançada, assistidos pelos perigosos extremos do Besiktas.

Do lado do Sporting, a saída de Matheus puxou Ruiz para uma zona mais lateral e fazendo com que o capitão da selecção da Costa Rica voltasse a um registo mais discreto do que o provado na primeira parte. Ficou assim o ataque verde e branco com menor fulgor, uma vez que Carlos Mané também não esteve a um nível tão bom como noutras partidas. Jesus acabou por arriscar mais um pouco tirando o médio Aquilani e colocando Gélson, voltando tudo à primeira forma e com Ruiz a voltar a fazer companhia a Slimani.

Os últimos minutos foram no entanto com claro ascendente turco, não chegando a sufocar os leões mas mantendo sempre o nervosismo nas hostes verdes e brancas. O empate com que o jogo chegou ao seu término foi assim um mal menor para um Sporting que voltou novamente a apresentar duas caras. Após uma primeira parte bem conseguida, em que Ruiz deu espectáculo e em que Teo poderia ter selado o triunfo, os leões permitiram o despertar dos turcos na segunda parte; algo que acabou por tirar dois pontos à equipa de Jorge Jesus e que complica ainda mais as contas do apuramento. Volta também a ficar a ideia que o verdadeiro foco do Sporting passa pelo campeonato nacional, algo que se traduz numa vitória obrigatória no próximo domingo, frente ao Vitória de Guimarães.

A Figura:

Gokhan Töre – O extremo nascido e formado na Alemanha foi a grande figura da partida, marcando um golo e criando dificuldades tanto a Jonathan como a João Pereira. Um jogador forte, com baliza sempre na mira e com a raça tipicamente turca.

O Fora de jogo:

Teo Gutiérrez – O ponta de lança colombiano não foi feliz no seu regresso à Turquia. Por duas vezes teve a possibilidade clara de marcar mas nunca teve a clarividência necessária para o fazer, retirando ao Sporting a hipótese de sair de Istambul com os três pontos.

Foto de capa: Facebook Oficial do Sporting

Anúncio Publicitário