Anterior1 de 3Próximo

Após a pausa internacional para seleções, a Primeira Liga está de regresso e ditou a visita do Sporting CP ao Estádio do Bessa para defrontar os “axadrezados” do Boavista FC. Os Leões estavam proibidos de perder mais pontos, após um desaire caseiro na jornada anterior diante da formação do Rio Ave FC e também após os seus mais diretos rivais terem vencido as suas partidas. Já o Boavista FC chegava até esta jornada como uma das boas surpresas do campeonato, sendo das poucas equipas que ainda não tinha perdido nesta presente edição da Primeira Liga.

Um jogo que gerou enorme expetativa em torno dos Leões após o despedimento de Marcel Keizer, sendo assim a estreia de Leonel Pontes como treinador interino. O novo treinador dos Leões promoveu algumas alterações (forçadas) no onze titular e não foi assim o único a estrear-se: Rosier, Neto, Gonzalo Plata e Bolasie foram chamados a jogo. Já o treinador Luís Vidigal promoveu também algumas alterações de forma a conseguir montar melhor a sua estrutura de 5x4x1 na fase defensiva e uma equipa mais virada para o contra-ataque e na expetativa.

E quem começou melhor foi a equipa da casa que entrou na partida praticamente a vencer. Aos sete minutos de jogo, Marlon faz o 1-0 após um excelente remate na cobrança de um livre direto sem hipóteses para Renan. O Sporting CP foi surpreendido e apesar de desde cedo ter o maior domínio da posse de bola – como seria de esperar – raramente sabia o que fazer com a mesma, praticando uma posse de bola lenta e sem ideias, facilitando a tarefa ao Boavista FC que defendia de forma organizada e aguerrida. O único lance de destaque é quando Bruno Fernandes descobre Bolasie que dentro da área remata para defesa apertada de Bracalli. O Sporting CP dominava a posse de bola, mas traduzia em pouca qualidade de jogo e em poucas situações de golo, chegando ao intervalo a perder por 1-0.

Na segunda parte, Leonel Pontes lança de imediato Jesé Rodriguez para o lugar de Borja. E foi novamente a equipa da casa a criar perigo por intermedio de Stojilkovic que rematou fraco para a defesa de Renan.

Borja foi um dos elementos menos em foco na partida
Fonte: Diogo Cardoso/Bola na Rede

O Sporting CP tardava em conseguir assentar o seu jogo e cada vez com mais dificuldades. No entanto, a formação de Alvalade chega ao golo do empate ao minuto 62. Bruno Fernandes bate um livre direto e com alguma felicidade engana Bracalli após a bola mudar de trajetória na barreira do Boavista FC. O Sporting CP ficou galvanizado com o empate e aos 70 minutos numa jogada individual, Yannick Bolasie dispara um grande remate que ainda toca na trave da baliza axadrezada. Aos 72 minutos o congolês falha a bola por pouco, após cruzamento de Jesé.

Aos 78 minutos após um livre da esquerda cobrado por Rafael Costa, é invalidado um golo à equipa da casa por fora de jogo de Fabiano. Aos 81 minutos, Bruno Fernandes faz um belo remate em zona frontal, mas Bracalli atento, defende sem dificuldade. O Sporting CP até ao final arriscou tudo em busca do golo da vitória, mas sem sucesso, sofrendo ainda alguns calafrios através de contra-ataques da equipa caseira. Bruno Fernandes acabou por ser expulso ainda antes do final da partida por acumulação de amarelos.

O Sporting CP volta assim a tropeçar e a perder terreno, somando agora oito pontos ao fim de cinco partidas estando já a cinco pontos do líder FC Famalicão que visita Alvalade na próxima jornada. O Boavista FC continua sem perder e soma agora nove pontos estando num tranquilo 4.º lugar antes de visitar o terreno do Gil Vicente FC.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES

Boavista FC: Bracali, Fabiano, Neris, Ricardo Costa, Marlon, Carraça, Rafael Costa, Akah Yaw (Obiora 67’), Gustavo Sauer, Stojiljkovic (Cassiano 90’) e Yusupha (Mateus 56’)

Sporting CP: Renan, Rosier, Luis Neto, Mathieu, Borja (Jesé 46’), Doumbia, Wendel (Eduardo 81’), Bruno Fernandes, Plata (Rafael Camacho 88’) , Acuña e Bolasie

Anterior1 de 3Próximo

Comentários