sporting cp cabeçalho 1

Caro João Mário Naval da Costa Eduardo… Ou João Mário, como sempre te “conheci”:

Há paixões que nunca se esquecem, amores que perduram e memórias a relembrar. Pode parecer quase o início de uma carta de amor para ti mas, descansa, não é. O que nos une é o amor pelo nosso Sporting Clube de Portugal.

Diziam que te ias embora. Corriam rumores de que ias trocar Lisboa por Milão, de que ias mudar a tua casa de Alvalade para San Siro. Era bom que não fosse assim, não era? Era bom que ficasses a defender as riscas verdes e brancas em vez de ficares a defender as azuis e negras. Mas, como a todos os filhos, vamos ter de largar a tua mão e deixar-te voar.

Levantaste voo em França: jogo após jogo foste mostrando todas as valias a que nos habituaste tanto; a nós, sportinguistas, bem como aos adeptos de outros clubes, por muito que a maior parte não queira admitir. Gostavam de ti como o João Mário, o médio da seleção, aquele que espalhava magia e classe como há muito tempo não se via; já como o João Mário, aquele com as mesmas características que o da seleção, o que jogava de leão ao peito, havia melhores e com mais potencial, que fariam mais dinheiro para outros clubes e não para nós. A diferença entre nós e eles, João (trato-te assim pela facto de a nossa diferença de idades não ser assim tão grande e por pertencermos à mesma família), é que nunca te vimos como uma máquina de fazer dinheiro; para nós, João, sempre foste um dos nossos meninos de ouro, que tentámos proteger a todo o custo. Eu acredito em ti e defendo-te com garras e dentes quando falam mal de ti, porque tu, mais do que muitos que jogam no nosso clube, sempre o mereceste. Sempre deste tudo de ti dentro e fora do Sporting.

João Mário Sporting CP
João Mário foi ovacionado aquando da sua saída, aos 90 minutos, no último jogo
Fonte: Sporting CP

Diziam que te ias embora. Não sabia se era verdade ou mentira, se estava por horas, dias ou semanas. Mas a ti, João, quero fazer um pedido público, que fica registado, quer tenha a sorte de o leres ou não: mostra o que tens sido e nunca te movas nas redes do dinheiro, como acho que nunca o tens feito. Mostra que ainda tens a raça de leão dentro de ti e que sabes o que queres para o teu futuro. Eu, como sportinguista, vou acompanhar sempre o teu percurso. Decidiste que isto seria o melhor para ti, e eu aceito o facto de teres decidido voar. Não digo mais alto ou mais baixo, porque aí as opiniões divergem. Pode ser o começo da viagem da tua vida, tanto profissional como pessoal. Poderá ser uma nova experiência.

A minha voz é a última a contar, eu sei. Gostaria de te ver esta época a jogar com as nossas cores. Partiu-me o coração, e de certeza que a mais uns milhares, ver aquela ovação como uma espécie de despedida no fim-de-semana passado. Não quis acreditar. Ainda não quero acreditar que é uma realidade.

Eu acredito que vais continuar a torcer por nós. O bichinho ficou e de certeza que se vai manter. Só espero que nunca deixes de acreditar que querem o teu bem.

Sobretudo, quero ver-te como um jogador feliz. A fazer aquilo de que mais gostas e a defender as cores do clube que te recebe. Eu irei sempre ver como te está a correr a temporada; estarei a torcer para que sejas mais e melhor, para que superes os desafios que te propõem e para que nunca deixes de pensar no que poderás fazer.

Diziam que te ias embora mas, para mim, és e ficarás sempre leão.

De uma pessoa que espera que voltes a vestir um dia as nossas cores,

Marta Reis

 Foto de Capa: Sporting CP

Comentários