Anterior1 de 2Próximo

sporting cp cabeçalho 2

O astro do Barcelona veio a Lisboa pisar o palco onde Cristiano Ronaldo se mostrou ao mundo. Lionel Messi foi a figura em destaque no encontro em que a equipa catalã venceu pela margem mínima. Jorge Jesus parece estar destinado a saborear as melhores “chiclas” em provas europeias. Uma lição táctica do treinador leonino que fez recuar o tanque Batta para Sir William subir no terreno.

O amuleto Doumbia surgiu, como habitualmente na Champions, no lugar de Bas Dost. Um ambiente fantástico em Alvalade aguardava as equipas. Quase cinquenta mil espectadores para ver o “baixinho” e companhia, frente a um Sporting super motivado e na máxima força. A primeira parte foi bem disputada, com duas equipas a roçar a perfeição táctica e um enorme rigor nas tarefas que cada jogador tinha de desempenhar em campo. Poucas oportunidades de golo, mas uma boa intensidade que colocava ainda mais emoção nas bancadas. A lesão de Doumbia, perto do fim da primeira parte, trouxe uma alteração forçada. A entrada de Bas Dost não estaria, para já, programada. O “sexagenário” ia dando trabalho à defesa culé e a sua rapidez era uma ameaça constante.

Mathieu foi o melhor jogador em campo frente ao FC Barcelona Fonte: Sporting CP
Mathieu foi o melhor jogador em campo frente ao FC Barcelona
Fonte: Sporting CP

 

Ainda assim, o Sporting perdia Doumbia, mas ganhava mais presença e jogo aéreo. A segunda parte começa, praticamente, com o autogolo de Coates. A infelicidade do uruguaio só pode ser comparada àqueles que votaram em Isaltino Morais para presidente do concelho de Oeiras. Porém, a equipa leonina não se desmoronou e, com o incentivo da massa adepta, correu atrás do prejuízo.  Com as entradas de Jonathan Silva e Bruno César, a equipa ganhou algum “pulmão” e, numa recuperação de bola perto da área dos blaugrana, Bas Dost, a passe de Bruno César, esteve na cara do golo. O holandês, em plena queda de confiança, preferiu assistir Bruno Fernandes que falhou a melhor oportunidade que o Sporting teve durante a partida.

A igualdade seria o resultado mais justo. Mesmo assim, a equipa saiu erguida de Alvalade com os adeptos satisfeitos com a sua prestação. Os jogadores receberam uma avalanche de palmas do palco verdinho que recebeu uma das melhores equipas do mundo contra os melhores adeptos do mundo.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários