O Sporting é clube de sensações fortes… tão fortes como a ligação dos seus adeptos ao seu grande amor!

Há pouco mais de um mês atrás, a turma verde-e-branca estava envolvida numa crise profunda e onde não se avizinhava resolução “saudável” para o clube. Era o chamado “casa onde não há pão… todos ralham e ninguém tem razão”. Um mês depois, parece que os leões vivem o seu momento Fénix de renascer após as cinzas… Um clube como o Sporting Clube de Portugal não é só futebol e disso foi a prova das vitórias nos recentes campeonatos de diversas modalidades, as boas prestações europeias, os resultados, etc.

Mas no futebol… no futebol alguma coisa continua mal… a descida da Equipa B (e sua muito provável extinção) e a falta de “garra” da A continuam sem me convencer… Neste momento (apesar de mais calmo), parecem existir dois “Sportings”: o das Modalidades e o do Futebol. E isto tem que mudar! Só pode existir um: o Sporting Clube de Portugal!

Que as alegrias no Sporting sejam transversais a todo o clube. Um enorme obrigado a todos aqueles que já garantiram os seus títulos e uma força para aqueles que ainda estão a lutar. #nósacreditamosemvocês
Fonte: Sporting Clube de Portugal

Não há que esconder que aquele confronto entre Presidente e Jogadores deixou marcas profundas e que no final do campeonato muita tinta vai correr e muita coisa vai acontecer no plantel do Sporting Clube de Portugal. Mas, ainda antes dessas decisões todas, há ainda duas “finais” que não podem ser perdidas de forma nenhuma… o segundo lugar tem de ser selado na Madeira, porque os milhões da Champions são fundamentais e na final da Taça de Portugal, não pode haver outro vencedor que não a turma leonina. Isso para poder dar acalmia e clareza ao clube para poderem ser tomadas decisões muito importantes para o seu futuro.

Anúncio Publicitário

Tudo irá abanar… todos irão ser avaliados: Presidente, Treinador e Jogadores. Muitas discussões internas irão acontecer e o meu desejo é que “permaneçam” internas. Que todos sejam “homenzinhos” e que não se esqueçam que representam uma ENORME instituição.

Que os discursos sejam pautados pela clareza que Jorge Jesus demonstrou neste último mês. Para mim, este foi o “grande” vencedor no último mês… independentemente de inúmeras falhas que lhe possam ser apontadas, foi ele que levou a equipa às costas e conseguiu pegar numa equipa destruída e colocá-la na senda das vitórias. E sem entrar em polémicas com ninguém… sempre defendendo o interesse superior do Sporting Clube de Portugal. E por isso, Jorge Jesus, um enorme Obrigado!

Foto de Capa: Bola Na Rede