sporting cp cabeçalho 2

Corria o minuto 74 nos Barreiros, no dia 19 de Novembro de 2006, e o então miúdo com pouco mais de 18 anos de Marrazes, Rui Pedro dos Santos Patrício, fazia o seu primeiro jogo na liga portuguesa e faz uma defesa a um penálti que permitiu que o Sporting saísse vitorioso da Madeira. Foi o início daquela que tem vindo a ser uma linda história de um guarda-redes, que pode ser contada mundialmente por poucos.

Ainda demorou depois disso a pegar novamente na baliza leonina e quando pegou somou erros atrás de erros. Paulo Bento, ao seu estilo, foi teimoso. E se há coisa que não podemos esquecer do trabalho do ex-treinador leonino, foi esta teimosia que nos deu este “fruto”. Não desistiu dele, mesmo quando o mundo o queria ver pelas costas. Ninguém lhe perdoava os erros da juventude e queriam que o “pequeno” Patrício fizesse, em tenra idade, milagres. Foi ofendido pela massa associativa, na qual também me incluo, foi maltratado pelos media, foi ofendido por patrocinadores da Selecção Nacional. Hoje, quem perceber um “bocadinho” de futebol só tem coisas boas para dizer do guardião (com todos os defeitos que ele possa ter).

Anúncio Publicitário
O então 22 da baliza leonina, estreia-se com a defesa de um penálti. Foi um início de carreira maravilhoso, que pouco depois teve muitos altos e baixos. Mas o guardião leonino e prepara-se para ser lendário. Fonte: Facebook oficial de Rui Patrício
O então 22 da baliza leonina, estreia-se com a defesa de um penálti. Foi um início de carreira maravilhoso, que pouco depois teve muitos altos e baixos. Mas o guardião leonino e prepara-se para ser lendário.
Fonte: Facebook oficial de Rui Patrício

Mas o “jovem” nunca baixou os braços. Hoje, venha quem vier é um dos melhores do mundo. Levou Portugal às costas num Europeu que jogámos defensivamente e tem sido o esteio do Sporting ao longo dos anos: o NOSSO VERDADEIRO CAPITÃO.

Já deve ter tido “milhares” de propostas, mas a verdade é que continua ao nosso lado e nunca o vimos amuado com nada, nem ninguém a querer falar por ele pedindo para sair. São recordes atrás de recordes, mais de 420 jogos pelo Sporting Clube de Portugal, 300 deles na Liga Portuguesa. 120 internacionalizações, nos vários escalões, e Campeão Europeu por Portugal.

O Rui continua a querer mais e nós também. Queremos que sejam pelo menos mais 300 jogos e que além do título de Campeão Mundial por Portugal, dês o tão ansiado título aos adeptos. Essa seria a maior chapada de luva branca que me darias. E acredita que eu mereço, fui dos que te “maltratei” no início.

Quarta-feira, lá estarei no Estádio de Alvalade novamente para gritar o teu nome a cada defesa!!!

Foto de Capa: www.dailystar.co.uk