O novo presidente do Sporting Clube de Portugal é o ex-médico do clube verde e branco Frederico Varandas, depois de ter saído vitorioso das eleições realizadas ontem em Alvalade.

Numa clara demonstração de sportinguismo, onde estavam seis candidatos a votações para assumir a liderança do clube de Alvalade, superou-se o recorde de eleitores estabelecido nas últimas eleições, com 22 500 sócios a votarem e a escolherem qual o candidato que consideravam o mais indicado para suceder a Bruno de Carvalho.

Tal como as inúmeras sondagens realizadas mostraram uma “luta” renhida entre Frederico Varandas e João Benedito, ontem na contagem dos votos assistiu-se a isso mesmo. Com mais eleitores a escolherem João Benedito (36,84%), acabou por ser a antiguidade dos sócios leoninos a decidirem que afinal o vencedor e novo presidente leonino seria Frederico Varandas (42,32%).

A sua candidatura (Unir o Sporting Clube de Portugal) apresentava várias medidas para concretizar caso fosse eleito presidente do grande Sporting, nomeadamente o regresso da equipa B, a criação de uma academia para as modalidades, criar uma unidade de performance, apostar no basquetebol, transparência e, acima de tudo, unir o universo leonino.

Durante toda a campanha, o agora presidente leonino nunca prometeu o título de campeão nacional, no entanto no seu discurso de vencedor prometeu que durante este mandato seremos campeões nacionais de futebol. Esperemos que não seja outro “tiro” no escuro e outra desilusão para o universo verde e branco.

Frederico Varandas conquistou o voto dos sócios mais antigos
Fonte: Candidatura de Frederico Varandas

E agora Sr. Presidente? Esta é a grande questão para o 43º presidente da história. Será que vai conseguir cumprir o que prometeu, sobretudo o tão desejado título de campeão nacional de futebol?

Pessoalmente, considero que a primeira grande tarefa de Frederico Varandas é unir o universo leonino, sendo necessária a colaboração dos e das sportinguistas. Com isto alcançado teremos mais possibilidades de nos reerguermos e alcançarmos a glória.

No que diz respeito à criação da unidade de performance, à criação da academia para as modalidades, à aposta no basquetebol e ao regresso da equipa B sou da opinião do presidente, ou seja, são medidas interessantes e que nos podem “enriquecer”, desde que o clube tenha as condições (financeiras) para a sua concretização.

A transparência é algo que o universo leonino exige. Chega de se tentar “atirar areia para os olhos” dos/as sportinguistas.

Antes de terminar esta publicação faço um apelo ao universo leonino no sentido de nos unirmos em torno do nosso clube, chega de divisões, o Sporting Clube de Portugal acima de tudo e todos. Frederico Varandas foi legitimamente eleito, é o meu presidente, é o nosso presidente, só temos de o apoiar e ajudar para que seja possível revitalizar o clube.

Termino esta publicação felicitando o novo presidente desta enorme instituição pela vitória, onde espero que tenha muito sucesso e que nos dê muitos motivos de alegria.

Foto de Capa: Candidatura Frederico Varandas

Comentários