Anterior1 de 2Próximo

sporting cp cabeçalho 2

Neste momento posso anunciar, com 99,99% de certeza, que haverá eleições antecipadas no Sporting. Irão perguntar-me pelas provas que tenho para poder fazer essa afirmação, ao que eu respondo – Mas desde quando neste país precisamos de provas concretas para podermos fazer este tipo de afirmações?

De qualquer forma, mesmo não tendo essas provas, tenho os indícios, que a seguir explano. Um antigo presidente do Sporting disse que, se o Sporting ficar em segundo, e o treinador sair, com certeza haverá eleições antecipadas; disse também que, neste momento, e com o treinador do seu lado, Bruno de Carvalho é invencível nas eleições (tenho de concordar).

Sabemos também que este senhor, segundo se sabe, andou em reuniões com outros “notáveis” do Sporting e off-Sporting. Ora, a possibilidade de o Sporting ficar em segundo lugar é real, e é disso que estes senhores estão à espera para poderem passar à segunda fase, que será aliciar, ou mandar aliciar, o treinador a sair do clube.

Todos sabemos que Jesus, apesar de ser um sportinguista assumido, nunca negou a vontade de treinar os três grandes de Portugal, e o clube que lhe falta no “CV” está na eminência de ficar sem treinador. Junta-se a isto o facto de o presidente desse clube ser amigo do treinador do Sporting (aqui abro um parêntesis para dizer que só o ego e a auto-estima de Jesus não o deixariam sair do Sporting, porque teria de sair sem cumprir o que prometeu: ganhar o campeonato).

Anúncio Publicitário

Então, num exercício mirabolante, e sem lógica alguma (tenho a certeza de que nos comentários hoje aparecerá um dos habituais a escrever: “Ainda bem que ele nos avisa”), imaginemos que nessas reuniões de notáveis se criou o cenário de, caso o Sporting não ganhe o campeonato, se mandar um recado para o norte (se é que ainda será preciso) a indicar o nome de Jesus para novo treinador de um clube do Porto.

A relação de amizade entre Jesus e Pinto da Costa é sobejamente conhecida Fonte: Sporting CP
A relação de amizade entre Jesus e Pinto da Costa é sobejamente conhecida
Fonte: Sporting CP

Feito isto, com o presidente sem o treinador ao seu lado, só faltará forçar eleições antecipadas, esforços esses que já foram iniciados com outdoors e panfletos.

Quando, ou se, o Sporting perder o campeonato, amealhando mais um ano sem troféus importantes (parece que a Supertaça só é importante ou conta como título quando são outros a ganhá-la), os tais notáveis farão fila na Comunicação Social a desancar a actual direcção (porque, como sabemos, eles foram bem mais competentes quando lá estiveram).

Anterior1 de 2Próximo

Comentários