18 anos de idade. 1,69 metros. Médio ofensivo/extremo. Assim se define Diogo Daniel Pires Brás.

O jovem natural de Chaves atingiu a maioridade apenas este mês, mas já há muito que dá provas do seu talento. Titular, de há muitos anos para cá, nas equipas do Sporting, o jovem estrou-se esta época na convocatória da equipa B no embate frente ao Penafiel e é também presença assíduas nas convocatórias das camadas jovens da Seleção Nacional.

Diogo Brás é já (mais) uma pérola fabricada em Alcochete, é visto como uma aposta de futuro do emblema de Alvalade e da seleção campeã europeia. Tem tudo para singrar no nosso futebol e muito se espera dele.

Diogo Brás já dá cartas na seleção
Fonte: Diogo Brás

Chegou há seis anos a Alcochete, vindo do norte do país. E bem do Norte- Chaves. É já agenciado pela mais do que conhecida Gestifute (liderada por Jorge Mendes), tem um pé direito magnifico e é um dos melhores da sua idade em termos táticos. O “menino” tem tudo para ir longe.

O jovem flaviense é ainda dono de dotes técnicos, que invejariam muitos dos jogadores já profissionais. Tem faro de golo e percebe todos os movimentos e todo o jogo da equipa- com bola, sem bola, a atacar e a defender.

Para concluir, Diogo Brás foi uma das peças fundamentais para a conquista do campeonato de juvenis no ano passado. Foi o MVP da equipa e em muito ajudou o Sporting Clube de Portugal a conquistar mais um título na formação.

Boa sorte, Diogo!

Foto de Capa: Getty Images/ Juventus FC

Comentários