ÚLTIMA HORA:

FC Paços de Ferreira x Sporting CP: Jorge Simão acredita ter encontrado a “luz” para contrariar os leões

Primeira Liga: Domingo, 19:00, 7 de novembro de 2021

ANTEVISÃO: JORGE SIMÃO ILUMINADO E PRONTO PARA PÔR FIM À INVENCIBILIDADE LEONINA

O FC Paços de Ferreira entra para a 11ª jornada do campeonato no 10º lugar com 11 pontos. Não ganha há oito jogos para o campeonato, tendo a última vitória para a Liga Portugal sido frente ao Portimonense SC fora de casa. É também verdade que nos últimos sete jogos só perdeu um. E essa derrota foi com o FC Porto no estádio do dragão.

COMO TREINADOR, RÚBEN AMORIM NUNCA PERDEU COM O PAÇOS DE FERREIRA. QUAL É O TEU PALPITE PARA HOJE? APOSTA COM A BWIN

No estádio capital do móvel, o Paços de Ferreira não ganha desde a primeira jornada numa vitória por duas bolas a zero contra o FC Famalicão. Temos de olhar até meados de agosto para ver os pacenses triunfar no seu reduto.

Quanto ao Sporting CP, os leões estão em 2º lugar com os mesmos pontos do 1º. Vencem há sete jogos e ganhando este domingo podem igualar a maior série de vitórias na era Amorim. Para o campeonato são cinco jogos a triunfar. O último jogo para a Liga Portugal que não ganhou foi frente ao Porto no início de setembro.

Os comandados de Amorim vêm de uma goleada na Liga dos Campeões frente ao atual campeão turco. Olham agora para o campeonato com o objetivo de se manter colados aos azuis e brancos no topo da tabela classificativa.

De um lado uma equipa que está a fazer o seu caminho e que defronta agora uma das duas equipas invencíveis no campeonato. Sem responsabilidade, o Paços vê-se numa excelente situação para voltar a vencer em casa para a Liga Portugal três meses depois.

Do outro, um Sporting a atravessar o melhor momento da época. O clube de Alvalade está a um ponto de seguir para a Final Four da Taça da Liga. Tem a Taça de Portugal em mira e está ainda na disputa por um lugar na fase seguinte da Liga dos Campeões.

Vencendo o encontro com o Paços, fica na situação mais confortável possível num momento em que o seu percurso vai ser interrompido pelos compromissos internacionais.

10 DADOS RÁPIDOS

  1. Rúben Amorim, como treinador, nunca perdeu contra o FC Paços de Ferreira. Ao serviço do Braga SC venceu o único jogo que disputou. Ao comando dos leões, em quatro jogos leva quatro vitórias;
  2. Das 22 vezes que o Sporting CP visitou a capital do móvel para o campeonato venceu 12. Os da casa ganharam apenas cinco;
  3. No total de confrontos (49) o Sporting CP soma 88 golos marcados. O CF Paços de Ferreira leva 38 tiros certeiros;
  4. A vitória mais expressiva dos leões no reduto pacense foi um 0-6 na época de 2001/2002, ano em que o clube de Alvalade foi campeão;
  5. O maior triunfo do Paços em casa frente ao Sporting foi um 4-0 na temporada 2002/2003;
  6. O resultado mais comum em casa do Paços entre estas duas equipas, a contar para a primeira liga, e que se repetiu por quatro vezes, é o 1-2 a favor dos leões;
  7. O jogador dos leões com mais golos apontados ao Paços de Ferreira é Liedson com 8 tiros certeiros em 15 jogos;
  8. Do lado dos minhotos, Mauro foi quem mais vezes fez as redes leoninas balançar (3 golos em 3 jogos);
  9. Dos jogadores que compõem os plantéis das equipas atualmente, João Palhinha é o jogador com mais golos apontados aos pacenses (2);
  10. Do lado do Paços, só Marco Baixinho fez o gosto ao pé frente aos de Alvalade (1 golo apontado em 9 encontros).

 

JOGADORES A TER EM CONTA
Sporting
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Pedro Gonçalves (Sporting CP) – É o melhor marcador do Sporting CP no campeonato, mesmo tendo estado afastado dos relvados durante quase um mês. Desde que regressou de lesão, o melhor marcador da anterior edição da liga portuguesa levou seis jogos para voltar a fazer o gosto ao pé.

Foi diante do Besiktas em casa para a Liga dos Campeões que o internacional português voltou aos golos e logo com um bis. A seca de golos acabou e a próxima vítima pode ser já o Paços.

 

Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Nuno Santos (FC Paços de Ferreira) – O jovem português de 22 anos é o melhor marcador da equipa no campeonato. Leva três golos. Até ao momento a formação da capital do móvel defrontou um dos três grandes, o FC Porto. Perdeu com os dragões fora de casa por 1-2, tendo sido Nuno Santos a fazer o tento do Paços.

 

XI’S PROVÁVEIS

Sporting CP (3-4-3): Adán; Inácio, Coates, Feddal; Ricardo Esgaio, Palhinha, Matheus Nunes, Matheus Reis; Pedro Gonçalves, Paulinho e Sarabia.

Treinador: Rúben Amorim

“O Paços de Ferreira vai ser uma equipa agressiva, que de certeza preparou muito bem o jogo e que conhece melhor o Sporting do que o Besiktas. Têm um treinador experiente e têm o Vitorino lá, que deve ter ajudado bastante. Estamos preparados para um jogo muito mais físico e difícil”

CF Paços de Ferreira (4-3-3): André Ferreira; Vitorino Antunes, Maracás, Marco Baixinho, Jorge Silva; Nuno Santos, Luiz Carlos, Stephen Eustáquio; Lucas Silva, Denilson, Hélder Ferreira.

Treinador: Jorge Simão

“Cheguei a um ponto onde se fez luz e decidimos. São pequenas nuances estratégicas e táticas, porque na minha cabeça amanhã, pelo menos no plano teórico, vamos fazer um jogo fantástico”

 

PREVISÃO DE RESULTADO: SPORTING CP 2-0 FC PAÇOS DE FERREIRA

 

Componente 5 – 1 (1)

Desde que se lembra que o Miguel joga à bola. Sentiu sempre uma ligação com a redondinha. Com 7 anos de idade começou a ir a Alvalade e desde então é raro falhar um jogo. Aos 13 iniciou a sua carreira no futebol federado. E para sua tristeza, há cerca de dois anos pendurou as botas. Mas não largou a maior paixão que tem na vida. Estuda jornalismo na ESCS e é por intermédio da comunicação que quer acompanhar o futebol daqui para a frente.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Desde que se lembra que o Miguel joga à bola. Sentiu sempre uma ligação com a redondinha. Com 7 anos de idade começou a ir a Alvalade e desde então é raro falhar um jogo. Aos 13 iniciou a sua carreira no futebol federado. E para sua tristeza, há cerca de dois anos pendurou as botas. Mas não largou a maior paixão que tem na vida. Estuda jornalismo na ESCS e é por intermédio da comunicação que quer acompanhar o futebol daqui para a frente.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA

  • 00DIAS
  • 00HORAS
  • 00MINUTOS
  • 00SEGUNDOS
FC PORTO x ESTORIL PRAIA
SPORTING CP x SANTA CLARA
PAÇOS FERREIRA x SL BENFICA