Para equipa técnica que iniciou a presente temporada, a administração do Sporting Clube de Portugal decidiu reconhecer o trabalho realizado por Tiago Fernandes ao serviço das camadas jovens do clube leonino. Foi eleito para Treinador Adjunto de José Peseiro, e desempenhou essa função até ao momento da saída do técnico leonino, demitido por Frederico Varandas depois da derrota para a Taça da Liga frente ao Estoril-Praia.

Para fazer face à demissão de José Peseiro, o Presidente leonino decidiu e bem na minha opinião apostar em Tiago Fernandes para orientar a equipa principal até chegar a acordo com o novo técnico leonino – Marcel Keizer.

Fazendo um balanço de Tiago Fernandes como treinador interino, considero positivo o trabalho realizado, com três jogos no leme da equipa obteu duas vitórias importantíssimas para o Campeonato Nacional (nos Açores frente ao Santa Clara e na receção ao Desportivo de Chaves) e um empate para a Liga Europa (contra o Arsenal em Londres).

Indicações para o sucesso
Fonte: Sporting Clube de Portugal

Após a contratação do holandês Marcel Keizer muito se especulou sobre o futuro de Tiago Fernandes, com muitas notícias que apontavam o Estrangeiro como a “paragem” mais provável para o técnico verde e branco. No entanto, o futuro próximo será no Sporting Clube de Portugal, a orientar a equipa sub-23 dos leões, substituindo José Lima.

Depois do bom trabalho realizado, quer nas camadas jovens quer na equipa principal, era importante reconhecer isso mesmo, e por isso considero que foi uma boa opção, tanto para o Sporting como para Tiago Fernandes. Acredito que poderá dar muitas alegrias aos/às sportinguistas.

Anúncio Publicitário

A equipa sub-23 leonina encontra-se na sétima posição da Liga Revelação sub23.

Foto de Capa: Sporting Clube de Portugal

artigo revisto por: Ana Ferreira