Alberto Acosta foi um dos argentinos que passou pelo Sporting e deixou a sua marca, com golos e títulos. Conhecido pelos sportinguistas como o “Matador”, foi um dos jogadores que contribuíram para o título de 99/00, sob a liderança do mister Augusto Inácio.

Beto Acosta estreou-se na Primeira Divisão do seu país, com a camisola do Club Atlético Unión de Santa Fe, na temporada 86/87. As boas prestações valeram-lhe a transferência para um dos históricos do futebol argentino, o San Lorenzo. Clube que viria a representar em 215 jogos, nos quais marcou 102 golos, totalizando dez temporadas nas várias passagens pelo clube de Buenos Aires. Na sua carreira, além do Sporting, representou os franceses do Toulouse, os japoneses do Yokohama Marinos, a Univ. Católica do Chile, o Boca Juniores e pendurou as chuteiras, aos 41 anos, ao serviço do Altético Fénix.

Na sua carreira, Beto Acosta foi companheiro de altetas como Nelson Tapia, Iván Cordoba, Leandro Romagnoli, “El Loco” Abreu, Fabien Barthez, entre tantos outros craques. No Sporting Clube de Portugal, “El Matador” foi colega de vários craques, como Iordanov, Ricardo Sá Pinto, André Cruz, César Prates, Aldo Duscher, Beto, Rui Jorge, Pedro Barbosa, Peter Schmeichel, Ivone De Franceschi, entre outros.

Acosta ficou na história do futebol leonino, com 99 jogos e 48 golos. Preponderante na conquista do título nacional em 99/00 e na Supertaça que venceu na época seguinte. Um verdadeiro leão em campo, tinha uma enorme atitude e entrega, em cada lance e a cada jogo. Um avançado forte no um contra um, tecnicamente evoluído, com uma meia distância como uma das imagens de marca, sobretudo um grande instinto goleador. Acosta marcou aos dois rivais, mas para sempre ficará o golo no Estádio das Antas, naquele que foi considerado o jogo do título em 99/00.

Beto Acosta foi um dos heróis de um título histórico em Alvalade
Fonte: Super Sporting
Anúncio Publicitário

Numa carreira repleta de títulos, vitórias e golos, representou a selecção argentina por dezanove ocasiões, nas quais marcou dois golos. Acosta tem um palmarés impressionante, Liga Portuguesa e Supertaça, Liga Argentina Apertura e Liga Clausura, Liga Chilena Apertura. Ao nível de competições internacionais, o “Matador” conquistou a Taça das Confederações, Copa América, Copa Mercosul, Copa Sudamericana, a Copa Interamericana, entre tantos outros títulos.

Ficará sempre na memória, aquele leão que marcava golos com a camisola 11 e para o qual os sportinguistas cantavam: “Beto Acosta, Beto Acosta, és o nosso matador”!

Foto de Capa: Fórum SCP

Comentários