Terminado o campeonato, é altura de começar a olhar para o que aí vem. O Sporting CP terminou em terceiro lugar, com 74 pontos, o que significa que disputará a Liga Europa na próxima época.

Infelizmente, esta competição europeia é o destino habitual do emblema leonino, sobretudo desde que em Portugal apenas os primeiros dois classificados ficaram elegíveis para a Liga dos Campeões, a prova milionária que todos os clubes da Europa sonham poder disputar.

Pode-se considerar que o começo desta época foi muito atribulado, sobretudo devido ao facto de ter sido uma Comissão de Gestão a preparar a equipa para todo o ano, mas o facto é que o clube gastou algum dinheiro em contratações, que caso tivesse sido bem investido poderia ter possibilitado o aumento de qualidade no plantel. Basta recordar que, por exemplo, Diaby custou um valor a rondar os cinco milhões de euros, tendo a equipa jogadores como Matheus Pereira que, na minha opinião, apresenta mais qualidades do que o maliano.

Os jogadores terão de se unir para alcançar algo mais do que a Liga Europa na próxima época
Fonte: Sporting CP

Os adeptos do Sporting CP não se podem conformar com a Liga Europa. Tem de haver exigência, mas não apenas falada. É preciso demonstrar descontentamento quando os resultados não são os pretendidos. O clube não é campeão há 17 anos. Há várias modalidades em que os verdes e brancos são das melhores equipas do mundo, mas o futebol não nos engrandece, não nos faz ser “tão grandes como os maiores da Europa”.

Em conclusão, a próxima época significará uma nova presença na Liga Europa. Na minha opinião, teremos de ser candidatos a vencê-la, e não chegar pelo menos à fase das decisões significará o fracasso na competição. Exigência precisa-se. E os adeptos merecem.

Foto de Capa: Sporting CP

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários