sporting cabeçalho generíco

Este foi o derby da classe!

Tive oportunidade de acompanhar o derby de uma forma muito especial, dentro do estádio, fazendo o percurso todo na “caixa”, a acompanhar a claque desde Alvalade até à zona de Carnide!

Citando uma personagem de um famoso adepto encarnado: foi “15 a zero”… O Sporting Clube de Portugal ganhou em tudo!

1. Ganhou com um resultado que não deixou margem para dúvidas num jogo limpinho;

2. Ganhou na casa do adversário;

3. Ganhou em festa dos adeptos (sim, podem dizer que durante três minutos se ouviu o “Inferno” da Luz, mas foi mesmo pouco mais que isso);

4. Ganhou em convívio… Nunca tinha visto tanta calma numa operação policial, tanta conversa amena entre adeptos e as forças da lei, sem QUALQUER tipo de provocação;

5. Ganhou uma equipa… “Não de 11 jogadores, mas sim de 25”;

6. Ganhou força psicológica perante um adversário directo;

7. Ganhou (para já) o ataque mais concretizador da Liga, com 17 golos;

8. Ganhou 3 pontos de vantagem perante um adversário directo e mais dois perante outro, isolando-se (para já) no topo da tabela classificativa;

9. Ganhou porque criou uma instabilidade no outro clube… Onde já existem vozes discordantes perante o caminho que o clube da Luz está a tomar;

10. Ganhou (ainda mais) certeza na opção Jorge Jesus e de que foi um bom investimento;

11. Ganhou (ainda mais) certezas nos reforços da equipa;

12. Ganhou (ainda mais) união entre adeptos e equipa;

13. Ganhou auto-confiança, algo que nem sempre existia nas bandas de Alvalade;

14.Ganhou em fair play (um adepto detido de verde e branco por posse de “fumos” e oito adeptos detidos de vermelho e branco: um por injúrias às forças policiais e sete por agressão e tentativa de assalto);

15. Ganhou a certeza de que pode lutar pelo título.

Apesar de ter estado em dúvida, o reforço Bryan Ruiz não queria perder o derby por nada. Foi uma peça-chave na equipa, culminando com a marcação de um dos três golos. Fonte: Sporting Clube de Portugal
Apesar de ter estado em dúvida, o reforço Bryan Ruiz não queria perder o derby por nada. Foi uma peça-chave na equipa, culminando com a marcação de um dos três golos.
Fonte: Sporting Clube de Portugal

“15 a Zero”

Este é o Sporting que eu quero!!! Um Sporting dominador, que não tem medo de jogar em lado nenhum e que quando se encontra a ganhar não troca meramente a bola sem sentido de baliza e sem deixar de procurar marcar mais golos… E é isso que tem acontecido nos últimos jogos… Jorge Jesus tem querido ganhar o jogo e ganhar com golos… Mais e mais golos!!!

Quero ir com o meu clube a qualquer estádio e gritar fortemente até que a voz me doa e sentir que dentro de campo os jogadores também dão o litro!

Quero libertar energias negativas, mas dentro dos limites, e sentir que as forças policiais estão lá meramente para ser um factor de controlo e não de repressão perante atitudes incorrectas de parte a parte… Quero ir na caixa e gritar bem alto: “Força Sporting Allez”, e não sentir medo de nada, mas, sim, sentir o calor humano e a festa!

Quero que, no final do jogo, o meu Presidente, com o estádio completamente vazio, vá até à bancada onde estão os adeptos leoninos e faça uma vénia a agradecer o apoio impressionante, num estádio que dizem ser um “inferno”… Sinceramente, não senti isso!

“Quando os rapazes de verde e branco entram em campo é p´ra ganhar!”

Fonte da foto de capa: Sporting Clube de Portugal

Comentários