sporting cp cabeçalho 2

Já falta pouco para o derby e como é normal todos procuram antecipar o resultado do jogo. Nos meios de comunicação vibra-se como se este encontro fosse a grande final e determinasse por fim o grande vencedor do campeonato, especulando-se sobre quem sairá vitorioso, quem terá mais condições, quem é mais forte; agarrados aos seus “hipoteticamente falando”, porque é o que estas previsões na realidade valem.

Se o futebol fosse assim tão previsível que qualquer polvo ou bruxo conseguisse adivinhar resultados, então todos deixaríamos de sofrer antecipadamente.

Como é óbvio, este é um jogo de extrema importância, mas estou longe de partilhar das euforias de muitos que acreditam encontrar-se no derby o vencedor do campeonato, porque nunca nada é certo no futebol, e mesmo que o Sporting vença o derby, e eu espero e estou confiante de que sim, voltando a ganhar terreno na corrida para o título, é essencial manter as vitórias, a concentração e a vontade, porque em 90 minutos de qualquer jogo tudo pode mudar. Basta um canto ou uma bola parada para inverter as contas.

Que a agressão do Slimani desta vez seja ao fundo das redes da baliza de Júlio César Fonte: Sporting CP
Que a agressão do Slimani desta vez seja ao fundo das redes da baliza de Júlio César
Fonte: Sporting CP

Quem não se lembra da vitória do Manchester United sobre o Bayern Munique na final de 1999? Será para sempre um exemplo de que no incerto nunca se ganha nada e de que é preciso concentração máxima em todos os momentos para se ser campeão. Isto para dizer que ganhar este jogo será muito importante, mas tão importante como ganhar os próximos. O caminho para a vitória no campeonato percorre-se jogo a jogo, sendo superior a qualquer adversário em qualquer campo.

Assim, o Sporting deve ser uma equipa de campeões por dedicação e não uma equipa de campeões por antecipação. Não pode nem deve ser um clube que já é campeão no início da época, com as devidas faixas encomendadas para a festa, porque essa é a atitude dos presunçosos. Quantos campeões por antecipação não se deram mal, engolidos pela sua própria presunção e arrogância?

É fundamental deixarmos esse tipo de miragens para os tolos, e focarmo-nos na arte da guerra, sermos mais fortes em todos os aspectos e em todas as batalhas, como temos feito até aqui, e é a razão que nos leva a estar em primeiro lugar. Em campeonatos competitivos e equilibrados como é o campeonato português, não é fácil manter esse primeiro lugar, porque basta um deslize para o perder. Mas a equipa do Sporting já demonstrou ter espírito de campeão, e que seja esse o espírito que nos definirá até ao final da época, jogo a jogo, com emoção nas bancadas, frieza, calculismo e detalhe nos relvados.

Pela 4.ª vez nesta época ambas as equipas vão defrontar-se, e o Sporting vai apanhar o Benfica na sua melhor fase, procurando vingar-se dos últimos três resultados. Fora do jogo mas na equação estará o Porto, pronto para aproveitar os danos causados. Apesar de ser um adversário forte e respeitável, nos derbies desta época o Benfica já demonstrou ser uma equipa propensa a deixar-se levar pelas emoções e a perder a frieza necessária dentro de campo.

Espero que o Sporting seja o contrário, e saiba explorar essa emotividade toda do Benfica. É fundamental um domínio a todo o campo, precisão nos passes, velocidade nos processos, garra, mas acima de tudo muita concentração, porque o Benfica não é nem nunca foi um adversário para se tomar por garantido. Contudo reforço que este jogo é mais um jogo, e a sua suprema importância reside não no facto de ser um derby mas sim no facto de ser o próximo, e o próximo jogo é sempre para vencer.

Que seja bem jogado, sem polémicas nem agressões, e no apito final, longe de euforias, que seja mais um passo rumo à conquista do campeonato que nos foge há muito.

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários