No próximo fim-de-semana, o Sporting Clube de Portugal inicia a caminhada na Taça de Portugal, frente ao Sacavenense, em jogo a contar para a terceira eliminatória. Na prova rainha do futebol português, os leões têm o objetivo de chegar ao Jamor e conquistar a 18ª Taça de Portugal para o palmarés do clube. 

Para o jogo da Taça de Portugal, Luís Maximiano deverá entrar para o “onze” de Rúben Amorim. O internacional sub-21 por Portugal, tem perdido espaço no plantel com a chegada do espanhol Antonio Adán. Assim, será a estreia de Luís Maximiano como titular, na presente época. Na última temporada, conquistou a titularidade da equipa principal, somando 31 jogos.

Luís Maximiano perdeu a titularidade com a chegada de Antonio Adán e pode ser opção na próxima segunda-feira, frente ao Sacavanense
Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Luís Maximiano chegou ao Sporting CP com apenas 13 anos, proveniente do SC Braga. Antes de representar os bracarenses, vestiu a camisola do CD Celeirós e do FC Ferreirense. Na formação, o jovem guarda-redes sagrou-se campeão nacional em todos os escalões: iniciados, juvenis e juniores. Com a camisola das “Quinas” soma 59 internacionalizações pelas seleções jovens, tendo vencido o Euro Sub-17, em 2016. 

Luís Maximiano é um guarda-redes forte entre os postes, com segurança ora a sair aos cruzamentos, ora no um-contra-um rápido a sair aos pés dos adversários. Na atualidade, é fundamental que os guardiões tenham qualidade a jogar com os pés e esse é um dos aspectos nos quais poderá ainda evoluir. Neste momento, discute o lugar com Adán, o que traz uma competitividade saudável ao plantel. 

Anúncio Publicitário

Luís Maximiano tem um contrato válido até 2025 com o Sporting Clube de Portugal, tendo uma cláusula de rescisão fixada nos 45 milhões. O jovem guarda-redes leonino tem uma enorme margem de progressão, sendo um talento no qual se depositam enormes esperanças. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome