logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Sporting

Manchester City FC 0-0 Sporting CP: Leões despedem-se da Europa com imagem positiva

A CRÓNICA: SPORTING CP EMPATA A ZEROS, EM JOGO FELIZ NO ETHIAD

Segunda mão dos oitavos de final da prova milionária. O Sporting CP visita a cidade de Manchester com a eliminatória sentenciada. Um jogo para cumprir calendário, mas que tem de motivar qualquer um dos jogadores dos leões: seja pelo nível do adversário que enfrentam, ou pela ovação monumental que levaram após o resultado negativo que sofreram no jogo de Alvalade.

20 minutos iniciais de domínio total da equipa da casa. Os comandados de Pep Guardiola tentam furar um esquadrão leonino que se encontra compacto. O primeiro remate da partida surge apenas ao minuto 23, quando Foden vê espaço à entrada da área e remata para defesa de Adán.

A equipa leonina ouviu Ruben Amorim no pós-primeira mão, e tenta mais vezes sair a jogar desde trás. Consegue mais vezes manter a bola em sua posse, e sair em ataque organizado.

38 minutos e surge a segunda oportunidade do encontro. Triangulação perfeita do ataque dos citizens, e Sterling vê o seu “chapéu” negado por Adán.

O árbitro não deixa jogar mais de 45 minutos, e sai tudo empatado para os balneários. Domínio territorial da equipa do Manchester City, mas organização defensiva muito forte por parte dos comandados de Amorim.

O segundo tempo começa com um golo anulado à formação inglesa. Jogada individual de Mahrez, recém-entrado na partida, que parte da ala esquerda para o meio e, com a ajuda de alguns ressaltos, consegue pôr a bola em Gabriel Jesus, que põe as redes da Adán a abanar. Porém, o jogador brasileiro encontrava-se em posição irregular no momento do passe.

Do lado contrário do campo, o Sporting CP executa as suas primeiras tentativas de golo. Jogada de contra-ataque por parte da formação visitante, que culmina num remate enquadrado efetuado por Bruno Tabata, que sai à figura de Ederson. Aos 60 minutos, nova oportunidade para os leões marcarem: Marcus Edwards passa de mota por Zinchenko, mas remata fraco para as mãos do guardião dos citizens.

Os 15 minutos seguintes a serem dominados pelo Sporting CP. Mais domínio de posse de bola por parte dos leões, e oportunidades a surgirem. Após jogada de transição, Matheus Reis atira por cima. Pedro Porro, do outro flanco, remata ao lado das traves da casa.

A oportunidade mais flagrante da partida realizou-se aos 76 minutos. Jogada interessante do Sporting CP, que começa com Paulinho a ir buscar jogo à zona média do campo e termina com Marcus Edwards a isolar o avançado português, que vê o golo negado por Scott Carson, que havia entrado para o lugar de Ederson.

O Manchester City FC ainda ameaça o golo da vitória, mas a partida acaba mesmo empatada a zero. O Sporting CP perde a eliminatória por 5-0, mas deixa uma boa imagem não só nesta segunda mão, mas sobretudo na competição. Passar aos oitavos de final num grupo com FC Ajax e BVB Borussia Dortmund é revelador da campanha positiva dos leões na Liga dos Campeões.

 

A FIGURA

Sporting
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Marcus Edwards – O extremo inglês entrou na segunda parte e foi o elemento desequilibrador da formação leonina. Por várias vezes, em transição ou em saída num ataque mais posicional, Edwards tanto conseguiu tirar adversários da frente com o seu drible, como isolar colegas à frente da baliza. Começa a mostrar que merece mais minutos de leão ao peito.

 

O FORA DE JOGO

Sporting
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Raheem Sterling – O internacional inglês teve uma noite desinspirada. Desperdiçou oportunidades à frente da baliza, e não foi desequilibrador o suficiente. Fez os 90 minutos, mas não se percebeu o porquê de Pep Guardiola não o ter substituído.

 

ANÁLISE TÁTICA – MANCHESTER CITY FC

Guardiola monta a sua equipa no habitual 4-3-3. Formação com uma mobilidade muito grande no ataque, mas que em ataque organizado atua maioritariamente num 2-3-5: Construção com os dois centrais e por vezes Ederson; os laterais juntam-se ao médio mais recuado no meio-campo; e cinco homens na frente, com os extremos bem abertos e os médios interiores a juntarem-se ao avançado, que desempenha a função de falso nove.

 

11 INICIAIS E PONTUAÇÕES

Ederson (6)

CJ Egan-Riley (6)

Stones (7)

Laporte (7)

Zinchenko (7)

Fernandinho (7)

Bernardo Silva (6)

Gundogan (7)

Gabriel Jesus (6)

Sterling (5)

Foden (7)

SUBS UTILIZADOS

Mahrez (7)

James McAtee (7)

Scott Carson (6)

Luke Mbete (6)

 

 ANÁLISE TÁTICA – SPORTING CP

O Sporting CP apresenta-se no seu habitual 3-4-3, mas com um bloco mais baixo do que aquilo que é costume. Defende em 5-4-1, com Slimani a ser o único homem atrás da linha da bola em organização defensiva. A atacar, varia entre o ataque posicional e a saída rápida no contra ataque.

 

11 INICIAIS E PONTUAÇÕES

Adán (7)

Luís Neto (7)

Coates (7)

Gonçalo Inácio (6)

Porro (7)

Ugarte (7)

Tabata (6)

Matheus Reis (6)

Sarabia (6)

Paulinho (6)

Slimani (6)

SUBS UTILIZADOS

Marcus Edwards (8)

Nuno Santos (6)

Esgaio (6)

Feddal (-)

Rodrigo Ribeiro (-)

Há muitos anos que o Miguel tem contacto com o futebol. Desde tenra idade habituado ao nervoso miudinho causado pelo desporto rei, Alvalade acabou por se tornar o palco principal do teatro dos seus sonhos. Jovem aspirante a jornalista e apaixonado pela área da comunicação, escolheu a ESCS para tirar a sua licenciatura. Agora, pretende ganhar asas e rumar até novos palcos.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Há muitos anos que o Miguel tem contacto com o futebol. Desde tenra idade habituado ao nervoso miudinho causado pelo desporto rei, Alvalade acabou por se tornar o palco principal do teatro dos seus sonhos. Jovem aspirante a jornalista e apaixonado pela área da comunicação, escolheu a ESCS para tirar a sua licenciatura. Agora, pretende ganhar asas e rumar até novos palcos.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA