Ao longo da presente temporada, o Sporting Clube de Portugal sofreu diversas reestruturações, nomeadamente no que a treinadores e equipa técnica diz respeito. Iniciando a temporada com José Peseiro no leme da equipa, transitando depois o seu adjunto Tiago Fernandes para o lugar de Peseiro, e por fim a entrada de Marcel Keizer.

O holandês, proveniente do Al-Jazira dos Emirados Árabes Unidos, chegou a Alvaladade com a equipa a disputar todas as competições (Campeonato Nacional, Liga Europa, Taça de Portugal e Taça da Liga). Com um discurso defensivo sempre que era chamado a comunicar e com uma filosofia de jogo ofensiva, os resultados dos primeiros jogos traduziram isso mesmo. O poder ofensivo prejudicou a eficácia defensiva, e com isso o mister leonino foi “obrigado” a ajustar a sua filosofia aos jogadores que tinha à disposição.

A deslocação ao terreno do Vitória de Guimarães ficou marcada pela primeira derrota com Keizer a liderar as “tropas”. Uma derrota “compensada” com a conquista da Taça da Liga. E segundo Marcel Keizer, foi a final four da Taça da Liga que ditou na pior fase da equipa, com diversos resultados negativos para as aspirações do clube nas restantes competições.

Após ter sido arredado da Liga Europa e ter dito praticamente adeus ao Campeonato Nacional, Keizer e a sua equipa realizaram um bom final de temporada, culminando com a conquista da décima sétima Taça de Portugal.

Mister, está na “hora” de conquistar o Campeonato Nacional
Fonte: Sporting CP

No decorrer da “era” do holandês fui tentando avaliar o mister e fui claramente influenciado pelas diversas fases que a equipa atravessou. Agora que findou a temporada, posso dizer que considero uma temporada positiva, duas conquistas nacionais em três possíveis, sobretudo por tudo o que a equipa atravessou desde a reta final da temporada 2017/2018 até ao final da temporada que agora terminou.

Em relação ao mister, só quero comparar com um técnico que passou recentemente pelo clube leonino. O holandês conquistou os mesmos troféus numa temporada (incompleta) que Jorge Jesus em duas temporadas. Ah e não vamos comparar vencimentos!

Só na próxima temporada conseguirei avaliar Marcel Keizer, uma vez que será o holandês a iniciar a temporada, e como sabemos a pré-época é muito importante para o decorrer da época. Acredito que Marcel Keizer conseguirá fazer melhor na temporada que se avizinha.

Força Sporting Clube de Portugal!

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários