spot_imgspot_img

    Montero ou Bas Dost?

    Para a presente temporada, a equipa leonina tem como opções para a posição mais adiantada no terreno de jogo: Bas Dost (o melhor marcador da equipa na temporada anterior); Montero (avioncito continua a ser um jogador querido para os/as adeptos/as); e ainda Castaignos (um jogador que continua sem se conseguir impor na equipa).

    Ao que tudo indica, será entre Bas Dost e Montero que o timoneiro leonino irá optar para ocupar a posição mais avançada na equipa. Em condições normais, o goleador holandês parece levar vantagem sobre o colombiano, sobretudo pela eficácia na finalização.

    Depois de rescindir e regressar ao Sporting Clube de Portugal, o holandês “chegou” e (re)conquistou a titularidade logo na primeira jornada. Com dois golos marcados no arranque da temporada, perspetivava-se um bom regresso ao clube. No entanto, na segunda jornada contraiu uma lesão que o obrigou a estar afastado dos relvados durante dois meses. Para fazer face a esta ausência, o ex treinador dos leões José Peseiro optou por lançar Fredy Montero às “feras”. Durante a ausência do holandês, “Avioncito” faturou por três ocasiões.

    É evidente que existem diferenças entre os dois atacantes, um com características específicas para jogar na área, outro mais móvel e evoluído tecnicamente. É também normal que um jogador que se fixa na área tenha mais possibilidades de faturar, comparativamente com o que procura terrenos mais recuados para ter um papel ativo nas ligações no último terço do terreno.

    Será possível ver a dupla Montero – Bas Dost?!
    Fonte: Sporting CP

    O melhor marcador da temporada anterior regressou aos relvados no jogo contra o Boavista, entrando para o lugar de Montero no decorrer da segunda parte. No jogo da Taça da Liga contra o Estoril, que ditou uma derrota para a equipa verde e branca, José Peseiro deu a titularidade ao holandês em detrimento do colombiano.

    Pessoalmente, sou um admirador dos dois jogadores em questão. Por serem jogadores diferentes, o que se exige a um não se pode exigir ao outro. Bas Dost não tem capacidade física para recuar no terreno e pegar no jogo, tal como Montero não tem a estatura física para jogar dentro da área entre dois centrais adversários.

    Na minha perspetiva, Bas Dost em perfeitas condições é sempre o titular na posição mais avançada na equipa verde e branca. No entanto, considero que em alguns jogos, era interessante ver Montero atrás do holandês, sobretudo quando a equipa procura inverter um resultado menos positivo. Dotado de uma qualidade técnica acima da média, e com uma boa leitura do jogo, “Avioncito” poderia colocar Bas Dost em perfeitas condições para visar a baliza adversária.

    Força Sporting Clube de Portugal!

     

     

    Foto de Capa: Sporting CP

    artigo revisto por: Ana Ferreira

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Luiz Gustavo: «A presença de Cristiano torna os jogos mais difíceis»

    Luiz Gustavo, médio brasileiro de 35 anos do Al-Nassr,...

    Confirmada a saída de avançado da AS Roma para a Turquia

    Está resolvida a questão de Nicolò Zaniolo. A AS...

    Sevilla CF apresentou proposta por defesa do San Lorenzo

    O defesa argentino de 23 anos de idade interessa...

    FC Inter aciona opção de compra por jovem médio

    Tem apenas 20 anos de idade, mas já conta...

    Basileia da Suíça anuncia saída do treinador-principal

    O FC Basel anunciou a saída do treinador-principal, Alex...
    Ricardo Vaz
    Ricardo Vazhttp://www.bolanarede.pt
    Desde sempre que o desporto, e acima de tudo o futebol, representaram uma forma de vida a este jovem. Licenciado em desporto e fascinado pelo Sporting Clube de Portugal, considera uma mais valia poder aliar estas tuas paixões: a escrita e o Sporting.                                                                                                                                                 O Ricardo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    Bola na Rede