sporting cp cabeçalho 1

A construção do novo pavilhão do Sporting Clube de Portugal está cada vez mais próxima do seu término. Foi possível comprovar isso no passado fim de semana.

No dia do jogo frente ao Marítimo, os “leões” decidiram organizar um “open day”, onde os jornalistas e os adeptos puderam saciar a curiosidade de ver como está o pavilhão João Rocha, a futura casa das modalidades “verdes e brancas”. Foram explicadas as mais variadas questões de nível técnico e estrutural, mas não são essas temáticas mais específicas que irei abordar nas próximas linhas. O mais importante, na minha opinião, é o facto de as modalidades poderem ter uma casa única, uma casa próxima do estádio. Isto vai potenciar um acompanhamento das modalidades muito mais próximo da parte dos adeptos e, consequentemente, ficam todas as condições reunidas para que as nossas equipas desses desportos fiquem muito mais fortes e façam dos jogos em casa uma realidade muito mais “verde”.

Os adeptos do Sporting gostam das modalidades, gostam de que o clube seja eclético e seja a maior potência desportiva nacional e uma das maiores de todo o mundo. Contudo, como sabemos, a maior paixão da maioria da “torcida” é o futebol. Como existem jogos de futebol ao final da tarde, que muitas vezes são muito próximos, em termos de horários, das competições das modalidades, as pessoas têm de optar entre um jogo e outro, e na esmagadora maioria das opiniões e das escolhas o futebol predomina.

Aqui estará o palco de todos os sonhos Fonte: Sporting CP
Aqui estará o palco de todos os sonhos
Fonte: Sporting CP

O emergir do pavilhão vai permitir que, mesmo com a proximidade horária, os adeptos possam presenciar e apoiar o leão rampante em tudo o que puderem. Vão voltar as tardes míticas do tempo da Nave de Alvalade e do antigo estádio. Nunca as vivi ao vivo, mas ainda tenho memória do ambiente fervorosamente vulcânico que se vivia na Nave. Lembro-me de algumas imagens televisivas e, principalmente, de ouvir histórias de muitos “leões” que tiveram a sorte de estar presentes nesses momentos.

Por isso, é muito especial ver crescer esta obra, que permitirá que o futsal, o andebol, o hóquei em patins, entre outras modalidades, voltem para perto do estádio, a casa-mãe do clube. Será possível sair de casa após o almoço, em dias de jogos, para ir acompanhar as modalidades, até chegar a hora de ir para o estádio ver o futebol.

A inauguração está prevista para março, e eu tenho uma ideia que gostava de ver realizada. Gostava de que a inauguração fosse com um jogo de futsal do Sporting, entre os atuais e antigos jogadores. Um jogo que servisse de homenagem a João Benedito, que, arrisco-me a dizer, é um dos leões mais apaixonados de sempre pelo clube e por toda a sua envolvência mística. Que o pavilhão comece a ver títulos já este ano…

 

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários