Estava a “arrancar” a temporada 2016/2017 quando aterrava em Lisboa para assinar pelos leões um holandês de seu nome Bas Dost. O Sporting Clube de Portugal desembolsou dez milhões de euros para que o ex-Wolfsburg trocasse a Alemanha por Portugal – uma das contratações mais caras da história verde e branca.

Era difícil fazer esquecer o argelino Islam Slimani, um jogador que muitos momentos de alegria proporcionou ao Universo Leonino, no entanto o holandês não se ficou atrás e desde muito cedo soube cativar os/as sportinguistas, já vão perceber porquê.

Logo na sua primeira temporada de leão ao peito, Bas Dost mostrou a Jorge Jesus e a todos/as os/as adeptos/as que era o homem golo e que valeu a pena o investimento. Com os 36 golos marcados em 41 partidas arrecadou assim o prémio de melhor marcador da temporada 2016/2017.

Na temporada anterior (2017/2018), Bas Dost não conseguiu repetir o feito apesar dos 34 tentos em 49 jogos. Ficou na segunda posição, atrás do brasileiro Jonas.

Será este o ano de Dost?
Fonte: Sporting CP

A envergar a listada verde e branca pela terceira temporada consecutiva, o holandês continua a mostrar toda a sua aptidão e “faro” para o golo. Em apenas sete partidas realizadas faturou por cinco vezes. Depois de ter bisado na primeira jornada, o holandês sofreu um “acidente” de percurso (lesão) na segunda jornada e ficou afastado dos relvados durante dois meses.

Anúncio Publicitário

Depois de recuperado fisicamente, não tardou em voltar aos golos. Foi dos seus pés que se iniciou a reviravolta do resultado nos Açores frente ao Santa Clara e foi ele que deu a vitória aos leões contra o Desportivo de Chaves, com mais um bis.

Qualquer equipa precisa de um goleador para lutar pelos seus objetivos, e atualmente na equipa leonina esse papel pertence a Bas Dost. Dotado de uma frieza e capacidade de decisão na cara do guarda-redes adversário acima da média, o holandês apresenta ainda uma estatura física e uma veia goleadora que dificulta a tarefa a todos os adversários. Uma equipa que tem na área um jogador deste calibre está sempre mais próxima de vencer.

 

É tão bom ouvir/cantar: Na, Na, Na, Na… Na, Na, Na, Na, Bas Dost!

 

Força Sporting Clube de Portugal!

Foto de Capa: Sporting Clube de Portugal

artigo revisto por: Ana Ferreira