sporting cp cabeçalho 2

Muito se fala que Jorge Jesus está a querer ganhar qualquer jogo, custe o que custar e não se importa de colocar o futebol espectáculo de parte, em prol do pragmatismo e eficácia. Mas será que isso é totalmente verdade?

Esta época o Sporting Clube de Portugal ainda só conta com três derrotas (todas elas na Liga dos Campeões) – duas contra o Barcelona e uma contra a Juventus. Duas delas foram pela margem mínima e somente uma por duas bolas (em Camp Nou). Dos 32 jogos oficiais, três foram derrotas (9,4% dos jogos), oito foram empates (25%), oito foram vitórias por um golo de diferença (25%) e treze partidas foram por duas ou mais bolas de diferença (40,6% dos jogos).

Dessas 32 partidas, somente em cinco delas os leões não marcaram qualquer golo (duas contra o Barcelona, Steaua Bucareste na qualificação para a Liga dos Campeões, Marítimo para a Taça CTT e FC Porto para a Liga NOS).

Se no campo ofensivo, no que diz respeito a marcar golos, o registo verde-e-branco é claramente positivo, já no que diz respeito ao defensivo, uma das melhores defesas do Sporting de que me lembro sofre golos em mais de 50% dos jogos. Em 56,25% dos jogos sofreu um ou mais golos (um golo sofrido em treze partidas, mais que um golo em cinco jogos). Em catorze jogos (43,75%) não sofreu qualquer golo. E atenção a um factor importante, dos cinco jogos onde sofremos mais que um golo, destacam-se o Feirense e o ARC Oleiros. Contra o Olympiacos a ganhar por três bolas de diferença sofremos dois golos nos últimos minutos (depois do minuto 89) e depois sofremos dois golos dos “normais” Barcelona e Juventus. O Sporting tem facilitado na defesa em alguns jogos, o que tem levado a ligeiros tremores desnecessários.

Rodrigo Battaglia é o jogador mais utilizado por Jorge Jesus no campeonato com 30 jogos (2055 minutos), mas não é o que conta com mais minutos. Nesse ranking quer Rui Patrício, quer Coates contam com 2520 minutos em 28 jogos Fonte: Sporting Clube de Portugal
Rodrigo Battaglia é o jogador mais utilizado por Jorge Jesus no campeonato com 30 jogos (2055 minutos), mas não é o que conta com mais minutos. Nesse ranking, quer Rui Patrício, quer Coates contam com 2520 minutos em 28 jogos
Fonte: Sporting Clube de Portugal

Esta época, Jorge Jesus já utilizou trinta jogadores do seu plantel (incluindo a Equipa B), sendo que apenas catorze jogadores foram utilizados em 50% ou mais dos jogos disputados (dezasseis jogos) e somente treze jogaram mais de mil minutos. O tal “pragmatismo” de que se fala de Jorge Jesus não é assim tão fácil de evidenciar. O treinador leonino quer ganhar todas as competições onde está inserido e para tal não prescinde dos seus melhores jogadores e tem um bom registo ofensivo.

Para o ataque ao título ser eficaz, basta agora com um ligeiro acerto na defesa e a glória começa a estar cada vez mais próxima.

Foto de Capa: Sporting Clube de Portugal

Comentários