rugir do leao duarte

Após o empate de ontem frente ao Belenenses, o Sporting disse o adeus definitivo à luta pelo título. A equipa leonina pareceu ter acusado o empate tardio frente ao Benfica e não foi capaz de demonstrar a sua superioridade frente à equipa do Belenenses – diga-se, muito bem orientada por Lito Vidigal.

Relativamente ao jogo queria apenas destacar alguns jogadores pelas suas prestações mais ou menos bem conseguidas: Rui Patrício, o capitão leonino, teve um dia menos bem conseguido, contudo, por tudo aquilo que já fez pelo Sporting, é inteiramente merecedor da nossa total confiança; Adrien Silva: nos últimos jogos tem sido notória a baixa de rendimento do internacional português; assim, a entrada de Ryan Gauld, que quando entrou demonstrou bastante qualidade (qualidade de passe, aparece em zonas de finalização, entre outras), para o onze seria, na minha opinião, uma alternativa bastante plausível; William Carvalho está em clara subida de forma, fazendo lembrar aquilo que mostrou a temporada transata. No que ao Belenenses diz respeito, quero realçar a capacidade coletiva da equipa de Belém, bem como a excelente exibição de Rui Fonte.

William voltou à forma ideal Fonte: Facebook Oficial de William Carvalho
William voltou à forma ideal
Fonte: Facebook Oficial de William Carvalho

O balanço da temporada deve fazer-se apenas no final da mesma, no entanto penso que se exige uma pequena retrospetiva daquilo que tem sido feito até agora e retirar algumas breves conclusões. O campeonato, mesmo para os mais crentes, é agora uma ilusão. No entanto, a prestação da equipa nas competições europeias e na Taça de Portugal deve ser algo a valorizar. Na Liga dos Campeões a equipa de Alvalade não se qualificou para os oitavos de final devido a um tal de Sergei Karasev, e na Taça de Portugal os pupilos de Marco Silva são os grandes favoritos à conquista da competição. Um professor meu costumava dizer-me que sem ovos não se fazem omeletes, e penso que o plantel do Sporting é a prova viva disso.

Concluindo, penso que o balanço da temporada, pelo menos até agora, deve ser positivo. Se olharmos para o plantel dos nossos grandes rivais, é óbvio que têm mais soluções e sobretudo mais qualidade. O Sporting tem conseguido ser competitivo; o confronto direto com Benfica e Porto assim o comprova. Contudo, a falta de experiência nos momentos mais importantes tem-nos sido fatal.

Anúncio Publicitário

Foto de capa: Facebook Oficial do Sporting