logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

bês Chhetri

Os “bês” de que Sunil Chhetri falou | Onde estão eles?

Chegou a Alvalade na época 2012/2013 com a finalidade de abrir portas à marca Sporting CP no mercado indiano. Com Godinho Lopes na presidência, o avançado e capitão da seleção indiana, na altura com 28 anos, ingressou na equipa B dos Leões. Acabou por regressar à Índia, ainda na mesma época, emprestado aos Churchill Brothers SC, após 3 jogos pelos “bês” do Sporting, somando um total de 43 minutos. Na época seguinte não voltou a Portugal, ingressando no Bengaluru FC a custo zero, clube indiano, onde ainda hoje é jogador.

Numa entrevista recente ao site da liga indiana, Sunil Chhetri abordou a sua passagem pelo Sporting CP, onde confessou que foi para a equipa B após Ricardo Sá Pinto, na altura treinador dos Leões, lhe dizer que não tinha qualidade para a equipa principal. Ainda acrescentou que, para seu azar, a equipa B era melhor que a A.

Estatisticamente, não faz sentido comparar equipas A e B, pelo facto de atuarem em diferentes campeonatos e se regerem por diferentes metas. Por isso, vamos destacar os craques que brilharam pela equipa B em 2012/2013, época onde foi alcançada a melhor classificação de sempre da equipa secundária dos leões na segunda liga, o 4º lugar.

Licenciado em música e a licenciar-se em Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Hugo divide o seu tempo entre a música, escrita e futebol. Apaixonado pelo desporto rei e de coração verde e branco, aprendeu a ver a essência do futebol com o avô benfiquista, que lhe ensinou que a paixão vai além do clube.                                                                                                                                                 O Hugo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Licenciado em música e a licenciar-se em Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Hugo divide o seu tempo entre a música, escrita e futebol. Apaixonado pelo desporto rei e de coração verde e branco, aprendeu a ver a essência do futebol com o avô benfiquista, que lhe ensinou que a paixão vai além do clube.                                                                                                                                                 O Hugo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA