Depois da derrota por 2-0 em Madrid, com o Atlético de Madrid, em jogo referente à primeira mão dos quartos de final da Liga Europa, o presidente do clube de Alvalade proferiu duras criticas à equipa leonina através da rede social Facebook.

Em resposta à chamada de atenção do líder leonino, o plantel do Sporting respondeu na mesma “moeda” ao seu líder, dizendo entre outras coisas que “…todos os assuntos resolvem-se dentro do grupo”.

Com esta reação do plantel, Bruno de Carvalho decidiu suspender os jogadores que partilharam da mesma resposta às suas declarações, o que fazendo as contas, ficaríamos apenas com cinco ou seis jogadores do plantel principal à disposição de Jorge Jesus para o jogo de amanhã.

Com tudo isto, e juntando as notícias que foram saindo criou-se um cenário extremamente negro para o nosso clube, sobretudo no que ao restante da época diz respeito. Exigia-se uma resolução para breve desta polémica.

Jorge Jesus foi o único a falar em público durante o dia de hoje
Fonte: Sporting CP
Anúncio Publicitário

Hoje, jogadores, presidente e treinador reuniram-se em Alvalade para resolverem todas as divergências. Da mesma acabou por sair fumo branco, pelo menos pela atitude dos jogadores, que saíram em conjunto para Alcochete, de modo a preparar a partida importante contra o clube pacense.

Jorge Jesus, técnico da equipa leonina, na conferência de imprensa ao jogo contra o Paços de Ferreira, a contar para a 29ª jornada do campeonato nacional, foi “bombardeado” com questões relativas ao incidente mais “badalado” do momento, como era espectado. Referiu que “tudo o que se passou na reunião fica entre nós”, uma frase que a mim me diz muito, e foi o que faltou anteriormente nos intervenientes deste incidente. Na reunião ficou ainda esclarecido que é o técnico da equipa, Jorge Jesus, que decide quem vai a jogo, ou seja, a suspensão que tanto se falou não foi avante. O mister leonino, solicitou ainda à massa adepta verde e branca, uma forte adesão ao jogo, para que a vitória esteja mais próxima. Deixou ainda claro que Fábio Coentrão se queda e que não foi dispensado, como foi amplamente noticiado durante a madrugada e dia de hoje. No meio disto tudo, só há uma certeza: nesta reunião ficou decidido que, acima de tudo, estão os interesses do Sporting Clube de Portugal. Mas o que quererá dizer isto?

Para o jogo de amanhã, Jorge Jesus não pode contar com: Piccini (castigado); Bruno César, William Carvalho (lesionados); Fábio Coentrão e Bryan Ruiz (em dúvida).

Eu, no meio de toda a polémica, só tenho uma certeza: Somos Sporting.

Foto de Capa: Sporting CP

 

Comentários