Está quase aí o jogo que, nesta época, desperta mais interesse e esperança no universo leonino. No dia 3 de Abril, o Sporting CP disputará em Alvalade a segunda mão da meia-final frente ao eterno rival SL Benfica. Partindo em desvantagem devido ao 2-1 alcançado na primeira mão, é imperativa a vitória neste jogo. Deste modo, importa perceber como se encontra o plantel.

Nos últimos três jogos, o Sporting CP somou três vitórias consecutivas. Contudo, o futebol apresentado tem sido muito aquém do que se espera de uma equipa que quer vencer títulos. Apesar de Keizer ter considerado que após a eliminação da Liga Europa a equipa iria obrigatoriamente melhorar a sua qualidade de jogo, a verdade é que tal não se tem verificado, chegando mesmo a serem audíveis alguns assobios no estádio.

A equipa parece ter alguma falta de motivação, até porque sabem que o título é algo praticamente inalcançável. Para além disso, o facto do terceiro lugar já não ser um posto de acesso à Champions, a equipa não sente aquela ‘’pica’’ que se tem noutro tipo de jogos. Também a opção de se apostar sempre nos mesmos jogadores e fazer substituições apenas a dez minutos do fim leva, pelo menos a mim, ao desespero.

Bruno Fernandes está em dúvida para o próximo dérbi
Fonte: Sporting CP

Em termos de individualidades, há dois casos a destacar: Bas Dost e Bruno Fernandes. No caso do holandês, é um jogador que tem andado bastante desinspirado e de costas voltadas com a baliza adversária. A sua falta de confiança é notória e já todos percebemos isso. No entanto, não será o jogo frente ao SL Benfica um grande teste para dar a volta ao seu jejum de golos? Ele certamente pensará nisso. Quanto a Bruno Fernandes, a notícia da lesão só pode preocupar os adeptos leoninos. Não podemos estar com rodeios, o internacional português é imprescindível na equipa e, caso não possa jogar, as hipóteses de vencer serão muito reduzidas. É sob a sua batuta que a equipa funciona, e se o médio não estiver em campo, estaremos mais perto de perder do que ganhar, não tenho dúvidas.

Por fim, olhar para o momento de forma do adversário. Neste momento encontra-se em primeiro lugar, a jogar com muita confiança e, quer queiramos quer não, o ambiente vivido para os lados da Luz é de completa harmonia e ambição de voltarem a ser campeões. É verdade que se perderem pontos frente ao CD Tondela o caso muda de figura, mas é preciso reconhecer que do outro lado haverá uma equipa com maior qualidade individual. Será preciso uma excelente preparação e uma grande vontade se o Sporting CP quiser vencer o jogo.

Concluindo, penso que o Sporting CP tem hipótese de virar a eliminatória, mas será preciso uma enorme exigência de todas as partes para que tal aconteça. Keizer tem aqui uma oportunidade de ouro para mostrar serviço, e o seu futuro poderá estar em jogo. Para além disso, todos nós queremos ir ao Jamor ver a final da Taça de Portugal. Estive lá o ano passado e, fora o resultado, o ambiente é único. Vamos fazer de tudo para que este ano a presença se repita. O Jamor é já ali…

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários