DUAS EQUIPAS QUE SÓ PENSAM JOGO A JOGO

É na 21.ª jornada da Primeira Liga que o Sporting se desloca ao Estádio dos Arcos para defrontar o Rio Ave. Com três pontos de diferença entre as equipas, os Leões procuram manter o terceiro lugar, enquanto os pupilos de Carlos Carvalhal, procuram vencer e manter a onda de bons resultados. O foco vilacondense está no jogo e não pensando em objetivos a médio e longo prazo, como o próprio treinador afirmou na conferência de antevisão à partida.

Os clubes já se defrontaram por duas vezes esta época, no estádio José Alvalade, saindo sempre os vilacondenses vitoriosos, para o campeonato por 2-3, na 4.ª jornada, e na Taça da Liga por 1-2, na 1.ª jornada do grupo C.

COM VIETTO FORA DOS CONVOCADOS, CONSEGUIRÁ WENDEL DESTACAR-SE COM GOLOS NA EQUIPA LEONINA? UM GOLO DO BRASILEIRO ESTÁ COM UMA ODD DE 7.00 NA BET.PT! VAI UMA APOSTA?

Anúncio Publicitário

O Sporting vem de uma vitória pálida em casa frente ao Portimonense por 2-1, enquanto o Rio Ave vem de uma série de cinco jogos sem perder para o campeonato, tendo vencido na jornada passada o Desportivo de Aves por quatro bolas a zero.

Com mais estabilidade dentro e fora das quatros linhas, a equipa da casa vai tentar surpreender os Leões que, nos últimos tempos, tem sido sinónimo de instabilidade, conflito e polémica.

COMO JOGARÁ O RIO AVE?

Sem poder contar com o capitão Tarantini, castigado por acumulação de amarelos, Gelson Dala, emprestado pelo Sporting, Nadjack e Jambor, o primeiro em fase de reintegração e o segundo lesionado, Carlos Carvalhal deverá manter o 4-3-3, mantendo a identidade da equipa, jogando Vitó no lugar de Tarantini.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: Rio Ave FC

Diego Lopes (Rio Ave FC) – Diego tem sido sinónimo de qualidade e consistência na equipa do Rio Ave, contabilizando a totalidade de minutos nos últimos três confrontos. Com cinco golos e cinco assistências apontados em dezoito partidas a contar para a liga, o médio ofensivo será uma dor de cabeça para a defesa do Sporting, a par do avançado Mehdi Taremi.

XI PROVÁVEL

4-5-1: Pawel Kieszek, Diogo Figueiras, Toni Borevkovic, Aderllan Santos, Matheus Reis, Filipe Augusto, Vitó, Lucas Piazón, Nuno Santos, Diego Lopes e Mehdi Taremi.

COMO JOGARÁ O SPORTING?

Sem poder contar com Luciano Vietto, por castigo, Marcos Acuña e Jérémy Mathieu por lesão, Silas convocou dezanove jogadores. A destacar o facto de contar somente com quatro defesas, deixando Tiago Ilori de fora por opção. Regressam aos convocados Pedro Mendes e Yannick Bolasie, estreando-se Francisco Geraldes na convocatória.

A dúvida prende-se em saber se o Sporting jogará com três ou quatro defesas. Um coisa é certa, é urgente mostrar consistência, qualidade e caudal ofensivo, procurando Andraž Šporar o primeiro golo com a camisola dos Leões.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Marcus Wendel (Sporting CP) – Com a ausência de Vietto, Wendel deverá assumir mais responsabilidades. Com um desempenho satisfatório frente ao Portimonense, o médio brasileiro será peça fundamental nas transições entre os setores defensivo e ofensivo dos leões.

XI PROVÁVEL

4-5-1: Luís Maximiano, Stefan Ristovski, Sebastián Coates, Luís Neto, Cristian Borja, Wendel, Battaglia, Eduardo Henrique, Rafael Camacho, Jovane Cabral e Andraž Šporar.

Foto de Capa: Carlos Silva/Bola na Rede

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão

Comentários