sporting cp cabeçalho 2

O Sporting amealhou hoje mais três pontos em Braga, num excelente espetáculo de futebol. Num jogo com várias alterações no marcador, os leões foram mais felizes e beneficiaram da eficácia de Bas Dost que, com mais um hat trick, contribuiu de forma decisiva para a vitória.

Jorge Jesus apenas colocou Zeegelaar no lugar de Jefferson como única alteração em relação ao onze que disputou o dérbi. Os leões entraram melhor na partida, com Gelson Martins a testar o regressado Marafona e com o Sporting a ter mais domínio territorial. Contudo, foram os minhotos que chegaram à vantagem. Após um lance em que Rui Fonte rematou à trave, Ricardo Horta fugiu a Gelson Martins e marcou na recarga. Um golo contra a corrente do jogo, mas que colocou o Braga em vantagem.Mais uma vez, os problemas defensivos do Sporting vieram à tona.

À passagem da meia hora, muita coisa aconteceu. Alan Ruiz lesionou-se sozinho no joelho (pode ser uma lesão grave) e foi substituído por alguém que foi dos melhores em campo, Daniel Podence. O jovem supersónico entrou a todo o gás e ganhou uma grande penalidade logo de seguida, sendo derrubado por Lazar Rosic no interior da área. Contudo, o capitão Adrien Silva rematou ao lado da baliza encarnada e o Sporting iria para o intervalo em desvantagem, apesar de estar a jogar claramente melhor que o adversário, agora orientado de forma definitiva por Abel Ferreira. Faltou alguma objetividade à reação leonina, mas os leões tiveram sempre mais vontade de jogar e marcar que os visitados.

A segunda metade iniciou praticamente com o empate dos verde e brancos. Naquilo que é uma raridade, foi apitada uma segunda grande penalidade a favor do Sporting (a diferença que se nota em algumas arbitragens assim que o Sporting sai da luta do título é abismal) e Bas Dost foi chamado a bater, enganando Marafona. O lance é de falta clara sobre Gelson Martins, a dúvida reside se a falta é dentro ou fora da área. Estava reposta a igualdade na Pedreira. Jesus retirou então Bruno César, substituindo-o por Bryan Ruiz, enquanto Abel Ferreira foi mais defensivo e retirou Stojiljkovic para colocar Xadas em campo. A um quarto de hora do final, Podence iniciou mais uma jogada pelo centro do terreno entregou na esquerda em Zeegelaar, que cruzou para o cabeceamento certeiro de Bas Dost.

Anúncio Publicitário

Quando a vitória dos leões parecia certa, a defesa voltou a fraquejar e Rui Fonte empatou o encontro, após um lance em que Pedro Santos ganhou o ressalto a Paulo Oliveira. Porém, quem tem Bas Dost tem quase tudo. Schelotto subiu bem pela direita e cruzou para um cabeceamento fulminante do holandês, que deu a vitória à sua equipa. Já é o terceiro hat trick de um avançado leonino neste estádio do Sporting de Braga. Pinilla, em 2005, e Van Wolfswinkel, em 2013, foram os anteriores autores desta proeza. O Sporting ganhou bem, de forma justa, na Pedreira.

Com este resultado, o SC Braga ficou praticamente arredado do quarto lugar, que será para o seu grande rival Vitória de Guimarães. Valeu aos bracarenses a derrota do Marítimo em Santa Maria da Feira, senão podiam ter ficado apenas a um ponto dos arsenalistas. Já o Sporting praticamente confirmou o terceiro lugar, apesar de ainda espreitar improváveis escorregadelas do FC Porto para tentar chegar ao segundo lugar. Na próxima jornada, os leões recebem o Belenenses, com uma curiosidade. Daniel Podence e Gelson Martins estarão castigados, enquanto Alan Ruiz deverá estar lesionado. Será que teremos, finalmente, Francisco Geraldes na equipa titular dos leões e, ainda por cima, em Alvalade?