Desde muito cedo que ouvi a expressão “A União faz a força”, o que julgo ser “Universal” para quem praticou sobretudo modalidades coletivas. Penso não haver qualquer dúvida no que toca à relevância da união, sendo fundamental para o sucesso do quer que seja.

No Clube Leonino, assistimos a uma fase em que a união era/é questionável, tendo em conta tudo o que aconteceu na reta final da temporada anterior. Quando o atual Presidente do Sporting Clube de Portugal, Frederico Varandas, concorreu às eleições, o lema da sua candidatura foi “Unir o Sporting”, uma opção que desde sempre “apelidei” de inteligente e perspicaz.

Pessoalmente, acredito e compreendo que os resultados e exibições das equipas que representam o Sporting Clube de Portugal tenham muita influência nesta importantíssima tarefa que é unir o Universo Leonino. Na presente temporada, isso ficou bem patente, quer no futebol como nas restantes modalidades. No entanto, considero que o décimo segundo jogador faz e pode fazer a diferença em todos os recintos onde as equipas leoninas entram em cena. Para além do apoio dentro dos recintos, onde somos os melhores, é importante também que não duvidemos deste ou daquele jogador quando as coisas correm menos bem.

A união faz a força
Fonte: Sporting CP

Abordando as modalidades, onde o Sporting Clube de Portugal tem um registo incrível com vários títulos, destaco o feito alcançado recentemente pela equipa de futsal: somos Campeões Europeus. E como foi lindo ver o João Rocha vestido de verde e branco a assistir à final da Uefa Futsal Champions League, como foi lindo ver a receção dos campeões da Europa no aeroporto e como foi lindo ver os melhores adeptos do mundo festejarem, com a equipa, um título que nos escapava há alguns anos.

Para terminar, quero pedir aos melhores adeptos do mundo para mostrarem a nossa força até ao final da temporada, quer nas modalidades quer no futebol. Ainda temos muitos títulos para conquistar e festejar.

Foto de Capa: Sporting CP

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários