sporting cp cabeçalho 2

O Sporting Clube de Portugal continuou a senda vitoriosa na Taça da Liga, depois de derrotar o Varzim por uma bola a zero, em Alvalade. O jovem Gelson Martins apontou o único golo da partida, onde o Sporting até entrou com a maioria dos jogadores habitualmente titulares.

Em relação ao encontro no Restelo, disputado na semana passada, Jorge Jesus apenas fez entrar Bruno César e Joel Campbell para a ala esquerda do terreno, e Luc Castaignos no apoio a Bas Dost na frente de ataque. Jefferson, Alan Ruiz e Bryan Ruiz foram os elementos preteridos. Já o Varzim, que trouxe uma falange de adeptos bem entusiasta e barulhenta, tinha algumas baixas devido a problemas físicos, mas bateu-se muito bem em Lisboa. Os leões entraram melhor no encontro, com os seus motores Joel Campbell e Gelson Martins, principalmente este último, a canalizarem muito pelas alas, com um ritmo forte. Os verde e brancos tentavam resolver rapidamente o encontro.

Depois de Castaignos e Campbell terem tentado, ainda que de forma tímida, alvejar a baliza de Paulo Vítor, foi Gelson Martins a inaugurar o marcador, por volta dos vinte minutos da partida. O jovem internacional A português combinou com Ricardo Esgaio na área varzinista e rematou forte ao primeiro poste, surpreendendo o guardião brasileiro da equipa nortenha. O Sporting continuou a tentar marcar e ampliar a vantagem, mas Castaignos e Bas Dost não estiveram particularmente inspirados. Ou chegavam atrasados a cruzamentos dos colegas, ou essas assistências não foram bem calculadas, ou os defesas cortavam os lances na chamada “hora H”.

O Varzim teve uma forte falange de apoio em Alvalade. Fonte: Varzim Sport Club
O Varzim teve uma forte falange de apoio em Alvalade
Fonte: Varzim Sport Club

Cada bola parada ofensiva dos leões era uma dor de cabeça para a defensiva do Varzim, porque Paulo Vítor é extremamente inseguro nas bolas pelo ar. Foram várias as bolas que o guardião largou, criando calafrios à sua defesa. O Sporting teve mais algumas oportunidades na primeira metade, mas não conseguiu concretizar, deixando tudo em aberto para os segundos 45 minutos.

A segunda parte começou, praticamente, com um lance perigoso de Lima Pereira. O central varzinista teve uma entrada perigosa às pernas de Adrien Silva. Apesar do árbitro ser Bruno Paixão, a lei foi cumprida e o número dois dos visitantes viu o cartão amarelo. Pouco depois, o capitão leonino teve mesmo de sair e foi substituído por Elias. Ao mesmo tempo, Jesus aproveitou para colocar Bryan Ruiz no lugar de Castaignos. Acredito que a entrada do costarriqenho também se tenha devido à entrada de Elias, dado que Bryan lê melhor o jogo e defende melhor que o holandês. Pouco depois, Bas Dost teve um falhanço clamoroso, tendo enviado a bola ao poste quando estava sem marcação na sequência de um cruzamento de Campbell.

Até ao fim, não houve mais nenhuma oportunidade digna de registo e o Sporting conseguiu vencer a partida, ficando isolado na liderança do Grupo A da Taça da Liga, com mais três pontos do que Varzim e Vitória de Setúbal. A decisão do grupo será na próxima quarta feira, dia em que o Sporting vai ao Bonfim e o Varzim visita o já eliminado Arouca.

Comentários