Anterior1 de 4Próximo

Há reencontros entre velhos conhecidos que nem sempre são felizes, mas desta vez foi positivo para Silas: na 11.ª jornada da Primeira Liga, o Sporting CP recebeu e bateu (ainda que com alguma dificuldade) a antiga equipa comandada pelo técnico português, o Belenenses SAD, por 2-0. O resultado final foi estabelecido apenas na segunda parte do encontro graças ao bis de Luciano Vietto.

O jogo começa com o Belenenses SAD a ameaçar a fortaleza leonina. Logo aos dois minutos, Robinho remata forte ainda fora da área, mas Renan defende com o peito. Logo dois minutos depois, Varela descobre espaço para Licá na diereita. O número sete ainda dá o jeito ao pé, mas a bola sai por cima sem grande perigo.

Foi um inicio de partida com o Belenenses SAD a ter mais bola. Ainda assim, estava um jogo lento e sem grande emoção. Aos sete minutos, o Sporting contrabalança as investidas do seu adversário e cria perigo através de um livre. Bruno Fernandes faz o remate, mas a bola vai contra a barreira. O capitão do Sporting ainda tenta a recarga já dentro da área, mas André Moreira é mais rápido.

Os assobios dos adeptos do Sporting na bancada começaram a surgir pelo pouco que se estava a jogar em Alvalade. Entre passes e passinhos, a paciência dos adeptos leoninos começava a esgotar-se. Via-se muito pouca alma dentro de campo e de facto estava mesmo a faltar espetáculo no reino do leão.

Depois de Silas se vir obrigado a alterar o seu sistema tático logo aos 33 minutos devindo à má prestação da sua equipa dentro das quatro linhas, eis que surge o único lance digno de destaque 28 minutos depois. Aos 35′, na sequência de um canto, Eduardo cabeceia a bola, mas André Moreira, atento, defende o lance. Aos 40′, André Moreira volta a ser ameaçado por Bruno Fernandes. O médio cobra um livre que fez saltar muitos adeptos da cadeira. A bola vai tensa e com efeito, mas acaba por sair por fora. Ainda assim, ficava o aviso por parte dos leões.

A primeira parte acabou sem muita coisa para contar. Aliás, como assim foi durante todos os primeiros 45 minutos. Pedia-se claramente mais às duas equipas que não estavam a corresponder dentro de campo e principalmente ao Sporting CP que estava a jogar em casa e perante os seus adeptos. Acaba assim o primeiro tempo com um nulo no resultado, um nulo de ideias e um nulo de espetáculo também.

Antes de ser reatada a partida, Silas fez mais uma alteração na sua equipa: o jovem Rodrigo Fernandes ficou no balneário e foi rendido por Idrissa Doumbia. A primeira ocasião do segundo tempo surgiu logo nos minutos iniciais para a equipa da casa, mais precisamente aos 47′, em que Rosier em posição frontal à baliza de André Moreira disparou um pouco por cima.

Os primeiros 15 minutos da segunda parte tiveram alguns lances de perigo para o lado leonino, mas rapidamente voltou-se à toada da primeira parte: jogo algo lento e disputado sobretudo a meio-campo, com os jogadores mais criativos dos dois lados a ter mais dificuldades para ter bola e assim desequilibrar a defesa contrária.

Após algum tempo sem ação, eis que o nulo é finalmente desfeito em Alvalade! Aos 74′, Bruno Fernandes cruzou para Luiz Phellype finalizar, a bola bate em Tomás Ribeiro e sobra para Vietto, que dispara de primeira para fazer assim o 1-0. Não saciado com o tento apontado, o extremo argentino juntou mais um tento à sua fatura de golos aos 81′, após uma boa jogada coletiva do lado direito sportinguista, em que Bolasie cruza para a área e André Moreira desvia a bola que vai parar aos pés de Vietto que fixa o marcador em 2-0.

Luciano Vietto desbloqueou todo o jogo aos 74′ marcando o primeiro tento dos leões
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Com o resultado sentenciado, o Sporting limitou-se a travar as intenções dos comandados de Pedro Ribeiro em marcar e colocar alguma incerteza quanto ao vencedor do jogo, o que foi bem conseguido. Os três pontos ficam em Alvalade, o que permite aos leões alcançarem os 20 pontos. Já o Belenenses SAD está no 15.º lugar com 11 pontos e continua sem ganhar fora desde o triunfo nos Barreiros (1-3 frente ao CS Marítimo).

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

Sporting CP – Renan, Ilori, Coates, Neto (Rafael Camacho, 33′), Rosier, Eduardo (Luiz Phellype, 66′), Rodrigo Fernandes (Idrissa Doumbia, 45′), Bruno Fernandes, Borja, Vietto e Bolasie.

Belenenses SAD – André Moreira, Tomás Ribeiro, Nuno Coelho, Nilton Varela, Show, André Sousa, Tiago Esgaio, Benny (Marco Matias, 64′), Silvestre Varela, Robinho (Kikas, 72′) e Licá (Cassierra, 81′).

Anterior1 de 4Próximo

Comentários