Anterior1 de 3Próximo

O jogo de hoje foi esperado com enorme expetativa, por parte dos adeptos, sobre como seria a performance de Adrien Silva após a polémica onde se viu envolvido. O camisola 23 foi um dos melhores em campo no triunfo por três bolas a zero.

No entanto, o capitão demonstrou que está no Sporting Clube de Portugal de raça e coração, mostrando que continua a comandar com grande qualidade o meio-campo. O Sporting entrou no jogo da quarta jornada da Liga NOS com três novidades na equipa titular, os dois reforços Bas Dost e Joel Campbell e o lateral direito Schelotto substituindo João Pereira que tinha vindo a ser titular desde o início da época desportiva.

A partida começou com uma entrada muito forte por parte da equipa da casa, que começou a pressionar bastante o Moreirense sem dar espaço para que pudessem sair a jogar, e evitando que a equipa visitante construísse jogo com qualidade. Ao longo da primeira parte, a equipa leonina deteve a maior parte da posse de bola criando algumas situações de perigo na direção da baliza de Makaridze. Os lances de maior perigo vieram da ala direita leonina através dos pés de Gelson Martins e Schelotto, que demonstraram grande qualidade técnica e trouxeram velocidade ao jogo do Sporting.

Ao fim de algumas ameaças, a equipa leonina acabou por marcar o golo ao minuto 26 por parte do menino de ouro de Alvalade, Gelson Martins. No entanto, no lado do Moreirense, o lance mais perigoso foi pouco depois através de um livre perigoso mesmo à entrada da área de Rui Patrício que saiu por cima da baliza.

O menino Gelson voltou a fazer o gosto ao pé. Fonte: Sporting CP
O menino Gelson voltou a fazer o gosto ao pé
Fonte: Sporting CP

As coisas complicaram-se para a equipa visitante quando Ângelo Neto foi expulso aos 33 minutos, provocando no Moreirense uma queda na sua qualidade de jogo. Os cónegos ficaram assim ainda mais dependentes do contra ataque.

Anúncio Publicitário

A segunda parte começou com um golo bastante madrugador pela cabeça do reforço Joel Cambpell, que demonstrou estar decidido a singrar no clube leonino. Pouco depois foi a vez de outro reforço, Bas Dost, se estrear a marcar usando a camisola verde e branca. Após esta entrada forte do clube da casa no segundo tempo, o Moreirense pouco conseguia respirar perante a qualidade que a equipa de Jorge Jesus estava a demonstrar em campo.

Durante a segunda parte foi a vez de Markovic, Elias  e André Filipe se estrearem na Liga NOS. De referir que aquando da saída de Adrien, os mais de 44 mil adeptos leoninos ovacionaram de pé o atleta português, mostrando desta forma que a família leonina está com o jogador apesar de toda a polémica em que esteve envolvido. Os últimos quinze minutos foram marcados pelo enorme controlo de jogo que o Sporting teve e pelas imensas oportunidades de golo que desperdiçou. No final os “leões” acabaram por ganhar por três bolas a zero.

No geral, a equipa leonina fez um excelente jogo e mostrou que fez um bom trabalho no mercado de transferências. Os reforços já marcam e as saídas já não deixam grande saudade. O Sporting CP está a ter um início de época de sonho, com uma série de quatro vitórias consecutivas, sendo que uma delas foi contra um dos grandes. Para além disso é líder isolado com dois pontos de vantagem sobre o segundo classificado. Quanto ao Moreirense tem vindo a ter exibições interessantes ao longo destes quatro jogos. No entanto depois desta derrota a equipa tem de se erguer para poder pontuar no próximo jogo contra o Estoril Praia.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários