Na próxima quarta-feira, o Sporting Clube de Portugal disputa a segunda jornada da fase de grupos da Taça da Liga, frente ao Gil Vicente FC. Em jogo está a passagem à “final-four” da competição, que os leões conquistaram nas últimas duas temporadas.

Nesta fase de grupos, o Sporting iniciou a defesa do título com uma derrota diante do Rio Ave, orientado por Carlos Carvalhal. Assim, o clube de Alvalade tem obrigatoriamente de vencer os dois jogos fora de casa, perante o Gil Vicente e o Portimonense. No entanto, os seis pontos poderão não ser suficientes, necessitando de pelo menos um empate no embate entre os gilistas e o Rio Ave, na terceira jornada.

Para esta segunda jornada, Jorge Silas tem praticamente todo o plantel à sua disposição, apresentando provavelmente um onze próximo daquele que disputou o último jogo do campeonato. Todavia, poderá ocorrer uma alteração, a saída de Jesé Rodríguez, para a entrada de Yannick Bolasie.

O Sporting venceu as últimas duas edições da Taça da Liga e procura revalidar o título
Fonte: Sporting CP

Independentemente do Gil Vicente ter surpreendido a equipa liderada por Silas, na última jornada da Liga, o Sporting tem obrigação de vencer e é naturalmente favorito. Espera-se que a equipa leonina consiga apresentar o mesmo nível exibicional da goleada imposta ao PSV, a contar para a Liga Europa.

O Gil Vicente irá apresentar uma equipa muito organizada, com bloco baixo e explorando as transições. O Sporting terá de ser uma equipa consistente em termos defensivos, mas sobretudo um coletivo capaz de criar oportunidades de golo, acutilante no último terço, procurando desmontar o bloco defensivo dos gilistas.

Para isso, o que se exige é Esforço, Dedicação e Devoção, para vencer os dois jogos que restam desta fase de grupos e poder voltar a discutir a Glória da conquista da Taça da Liga.

Foto de Capa: Liga Portugal

Artigo revisto por Diogo Teixeira

Comentários